Contech - Sistemas Químicos Integrados

  1. English
  2. Spanish

Notícias

Contech participa da 8ª Semana do Papel de Caçador/SC

Evento, que é patrocinado pela empresa, acontecerá em Caçador/SC de 27 a 31 de outubro e terá palestras ministradas por profissionais da Contech.
A Contech – indústria química líder no mercado de tratamento de vestimentas no setor de papel e celulose – é patrocinadora da 8ª Semana do Papel de Caçador/SC, e apresentará palestras ministradas por seus profissionais.

O evento acontecerá na ACIC de Caçador/SC, que realiza o encontro em parceria com a ABTCP, e tem como objetivo promover reflexões, discussões e debates sobre assuntos de importância para o setor de Papel e Celulose. Para a ocasião, a Contech visa estreitar relacionamento com os players desse mercado, dividir conhecimento técnico sobre suas novas aplicações e multiplicar seu expertise para a formação de novos profissionais técnicos no mercado.

Para isso, participará em dois momentos no dia 28 de outubro: palestra sobre "Condicionamento de vestimentas” ministrada pelo Gerente de Desenvolvimento de Produtos, Luiz Fernando Rezende e palestra sobre "Auxiliar de Cozimento” ministrada pelo Gerente de Vendas Nacionais, José Sasso.

Sobre a Contech

Empresa 100% nacional com atuação global, líder de mercado no segmento de tratamento de vestimentas de papel e celulose, a Contech é conhecida por sua atuação no desenvolvimento de soluções de sistemas patenteados e customizados, que são aplicadas em todo o segmento, incluindo papeis de imprimir e escrever, papéis tissue, papéis para embalagens, papéis especiais, e na fabricação de celulose.

A Contech faz parte do Grupo Ecotech, que engloba negócios relacionados à produção de soluções químicas tecnológicas, fabricação de sistemas mecânicos, consultoria e tratamento ambiental. Fundado em 2010, o Grupo Ecotech está localizado em Valinhos, São Paulo.


Contech implanta nova expansão comercial internacional e visa América Latina

Após consolidar liderança no mercado nacional no segmento de tratamento de vestimentas no setor de papel e celulose, indústria química do Grupo Ecotech foca em estratégias para a conquista do mercado latino

A Contech – líder no mercado de tratamento de vestimentas no setor de papel e celulose e empresa que deu origem ao Grupo Ecotech –com foco nas oportunidades comerciais, implantou no início de 2014 uma nova estratégia, por meio de equipes comerciais e técnica dedicadas com base na Colômbia e Equador, visando aumentar sua participação no mercado internacional por meio de suas tecnologias que são referência no mercado nacional e do lançamento de novas soluções que melhoram a eficiência da produtividade com ganhos significativos em tempo, qualidade de produto e redução de custos.

No País, a empresa atende grandes grupos papeleiros da área de tissue, imprimir e escrever, e embalagem, o que mostra sua consolidação na liderança nacional. E, no cenário internacional, já alcançou clientes na Europa (Itália, Portugal, Suécia, Alemanha e Turquia) e na América Latina (Chile, Argentina, Colômbia, Equador e Peru).

"A perspectiva é que a exportação represente 50% do faturamento em 24 meses. Até porque um fator bastante diferenciado que temos no mercado, pela tecnologia de aplicação, as patentes e o produto, é que nós não fornecemos apenas um produto químico, mas a solução com o sistema de aplicação”, explica o Gerente de Vendas Internacionais da Contech, Luciano Viana da Silva, sobre os diferenciais da empresa frente à concorrência mundial.

"Junto com a ação técnica de prospecção, estamos desenvolvendo ações de marketing para fortalecer a marca. Participaremos da ACOTEPAC (Colômbia), Tissue World (SP), ABTCP (SP), dentre outras e também fortalecendo nossa posição na Europa através do nosso distribuidor local, que fica na Itália”, diz Silva.

Segundo a empresa, a aceitação na linha de produtos (antiespumantes, dispersantes, tratamento de contaminantes pitch e stickie, destintantes e outros) está sendo excelente. "Com o nosso produto, e sistema patenteado, pode-se aumentar a produtividade da máquina de 3 a 8%; aumentar a vida útil do feltro em mais de 25%; economizar energia em até 3% e eliminar o uso de solventes e substâncias nocivas para limpeza de vestimentas”, pontua o Gerente de Vendas Internacionais da empresa.

Sendo o Brasil uma referência no mundo no setor de papel e celulose, a Contech – com seu portfólio de produtos biodegradáveis, soluções customizadas, alta tecnologia e know-how – pretende solidificar sua presença no cenário internacional fundamentada na inovação e ancorada na excelência dos serviços.

Sobre a Contech

Empresa 100% nacional com atuação global, líder de mercado no segmento de tratamento de vestimentas de papel e celulose, a Contech é conhecida por sua atuação no desenvolvimento de soluções de sistemas patenteados e customizados, que são aplicadas em todo segmento, incluindo papeis de imprimir e escrever, papéis tissue, papeis para embalagens, papeis especiais, e na fabricação de celulose.

A Contech faz parte do Grupo Ecotech, que engloba negócios relacionados à produção de soluções químicas tecnológicas, fabricação de sistemas mecânicos, consultoria e tratamento ambiental com soluções diferenciadas com patentes. Fundado em 2010, o Grupo Ecotech está localizado em Valinhos, São Paulo.


Contech completa 25 anos rumo à expansão no mercado

Líder no segmento de tratamento de vestimentas do setor de papel e celulose, empresa deu origem ao Grupo Ecotech e planeja expandir sua participação no mercado internacional.

A Contech completa, em 2014, 25 anos. Nesse ínterim, se consagrou como líder no mercado no tratamento de vestimentas no setor de papel e celulose e deu origem ao Grupo Ecotech (que congrega as empresas Contech e Tratch-Mundi). A empresa pretende aumentar ainda mais sua participação no mercado internacional e tem planos sólidos para alcançar seus objetivos, pautados em pesquisa, desenvolvimento e tecnologia.

Tendo a inovação como norte, nesse um quarto de século, a marca se consolidou no mercado com tecnologias e produtos desenvolvidos por profissionais e pesquisadores de diferentes especializações e áreas da engenharia, tecnologia e ciências. Patenteou soluções inovadoras, desenvolveu sistemas adaptáveis a diversas necessidades de clientes e solidificou sua marca pelo diferencial de apresentar excelência em seus produtos e serviços.

A Contech é orientada para inovação desde a sua fundação. O sistema patenteado com aplicação química biodegradável para o condicionamento das máquinas de papel e celulose consiste no fato dela não demandar a parada das máquinas para realizar a limpeza das vestimentas. Com um sistema de pressurização e controle de temperatura, os agentes químicos responsáveis pelo tratamento dos feltros e telas são aplicados sem que haja a necessidade de paradas, permitindo economia de tempo de produção.

Atendendo a grandes players do mercado nacional e internacional, está investindo em estratégias para aumentar sua participação na Europa, América Latina, América do Norte e Ásia. Atualmente, está no Chile, Argentina, Equador, Colômbia, Portugal, Itália, Suécia e Turquia.

Hoje, a Contech conta com uma equipe dedicada ao mercado papeleiro e o crescimento anual de 15%. Os quatro segmentos que a empresa atende são: celulose, papel branco, papel de embalagem e tissue (papel para fins sanitários), sendo que 95% do mercado de papel branco é atendido pela Contech. A empresa tem penetração em 65% do segmento de tissue e embalagens e, o comprometimento da Contech e de todo o Grupo com os valores sustentáveis foi um dos fatores que proporcionou a consolidação da empresa no mercado.

O início das atividades em Valinhos (SP) em 1989, marcou a expansão da atuação da Contech em território nacional além da ampliação da estrutura física e do quadro de colaboradores na década de 90; no início da década de 2000, iniciou as atividades de exportação, inaugurou seu CDT (Centro de Pesquisa, Desenvolvimento e Tecnologia) e implantou o Sistema de Gerenciamento ERP; a partir de 2007 a 2013, iniciou atividades em parceria com universidades, conquistou a certificação ISO 9001 e suas recertificações, recebeu subsídios da FINEP para projetos ambientais, ampliação da estrutura física para acompanhar o crescimento da empresa e ampliação dos negócios: criou o Grupo Ecotech, conquistou a nova Certificação: ISO 14001, passando a ser reconhecida por clientes em rankings de excelência. Por fim, em 2014, lança novas soluções e comemora seus 25 anos de marcantes conquistas.


CONTECH LANÇA NOVA SOLUÇÃO PARA CONTROLE DE CONTAMINANTES DO PROCESSO

Nova linha de produtos melhora o desempenho produtivo com ganhos significativos em tempo, rendimento e redução de custos.

A Contech, empresa referência em soluções químicas e líder no tratamento contínuo de feltros e telas, com crescente participação nos principais segmentos do mercado nacional e internacional, desenvolveu nova tecnologia para controle depitchestickie, que otimizam o processo de preparação da massa e melhoram a qualidade do produto.

Esta nova solução inibe os contaminantes por meio da microfixação dopitchestickie– resíduos que comprometem a produção de celulose e reciclagem de papel –, reduzindo o tamanho da partícula com uma mistura que gera melhoria no aspecto de limpeza e uniformidade da massa, e pode ser aplicada em todas as áreas produtoras, seja de celulose, papel reciclado,tissue, imprimir e escrever, especiais e embalagem.

Os produtosatuam como dispersante e emulsificante, recomendados como auxiliar de polpação na dispersão de ceras, colas poliméricas e resinas de resistência úmida, bastante efetivo na ação de contaminantes das sobras da conversão e fibras secundárias. Os emulsificantes e sua alta alcalinidade aumentam a molhabilidade das fibras, facilitando sua desagregação.

A aplicação em campo comprovou que esta nova linha de produtos melhora o desempenho produtivo com ganhos significativos em tempo e redução de custos.

Os resultados da aplicação de controle de contaminantes do processo aplicado em clientes registraram:

Os resultados da aplicação do controle de contaminantes do processo aplicado em clientes registraram:

-Redução significativa no consumo de solventes para remoção de contaminantes dos feltros e telas;

- Redução nos registros de não conformidades;

- Possibilidade de aumento significativo na porcentagem de aparas nas receitas;

CONHEÇA O PORTFOLIO DE SOLUÇÕES CONTECH

Fabricação da celulose: Auxiliar de cozimento, Antiespumante, Anti-incrustante e quelantes, Controladores de pitch (dispersante)

Preparo de massa: Controle de stickies (dispersante, microfixante e detackficante)

Fabricação de papel: Limpeza contínua e em batch de feltros e telas formadoras, Limpeza de telas secadoras, Tratamento preventivo para feltros e telas formadoras, Remoção de látex, Boil-outs, Limpeza de capotas, pisos e estrutura e Tratamento enzimático.


Contech participa da 2ª Semana de Celulose e Papel de Três Lagoas

Evento, que é patrocinado pela empresa, acontecerá na ‘capital mundial da celulose’ de 12 a 14 de agosto e terá palestra e curso ministrados por profissionais da Contech

A Contech – líder no mercado de tratamento de vestimentas no setor de papel e celulose – participará da 2ª Semana de Celulose e Papel em Três Lagoas, cidade que congrega grandes players do setor, no período de 12 a 14 de agosto, com a apresentação de palestra e mini-curso ministrados por seus profissionais. A empresa também é patrocinadora do encontro.

O evento acontecerá no SENAI Três Lagoas, que realiza o encontro em parceria com a ABTCP, e tem como objetivo promover reflexões, discussões e debates sobre assuntos de importância para o setor de papel e celulose. Para a ocasião, a Contech visa estreitar relacionamento com os players desse mercado, dividir conhecimento técnico sobre suas novas aplicações e multiplicar seu expertise para a formação de novos profissionais técnicos no mercado.

Para isso, participará em dois momentos: palestra no evento principal sobre ‘Auxiliares de Cozimento’ com o Gerente de Vendas Internacionais, Luciano Silva, no dia 13 de agosto, no painel Celulose; e mini-curso no dia 12 de agosto sobre ‘Condicionamento de Vestimentas’, ministrado pelo Gerente de Desenvolvimento de Produtos, Luiz Fernando Rezende. O mini-curso acontece somente para alunos do SENAI.

Serviço:

Palestra:Auxiliar de Cozimento

Data:13 de agosto

Horário:19h00

Mini-curso:Condicionamento de Vestimentas

Data:12 de agosto

Horário:14h00

Local:SENAI Três Lagoas -Rua Dr. José Hamilcar Congro Bastos, 1313 – Três Lagos - MS

Sobre a Contech

Empresa 100% nacional, líder de mercado no segmento de tratamento de vestimentas de papel e celulose, a Contech é conhecida por sua atuação no desenvolvimento de soluções de sistemas patenteados e customizados, que são aplicadas em todo segmento, incluindo papeis de imprimir e escrever, papéis tissue, papeis para embalagens, papeis especiais, e na fabricação de celulose.

A Contech faz parte do Grupo Ecotech, que engloba negócios relacionados à produção de soluções químicas tecnológicas, fabricação de sistemas mecânicos, consultoria e tratamento ambiental. Fundado em 2010, o Grupo Ecotech está localizado em Valinhos, São Paulo.


Contech apresentará novas soluções durante a ABTCP 2014

Empresa líder nacional no segmento de tratamento de vestimentas para papel e celulose apresentará novos produtos no evento; 25 anos da empresa também serão lembrados no Congresso Anual da ABTCP

A Contech, líder no mercado nacional no tratamento de vestimentas para o setor de papel e celulose, patrocinará e participará do Congresso e Exposição ABTCP 2014. O evento, que está em sua 47ª edição, tem como tema "Competitividade: sua empresa está preparada para o futuro?”. Na ocasião, o estande da Contech – localizado entre as ruas B/1/2 – apresentará os novos produtos Auxiliar de Cozimento, Antiespumante e Controle de Contaminantes do Processo e os 25 anos da empresa, completados em 2014. O encontro acontece entre os dias 7 e 9 de outubro, em São Paulo, no Transamérica ExpoCenter.

OAuxiliar de Cozimentoé isento de antraquinona e com uma formulação capaz de contribuir para maior eficiência dos processos de cozimento da madeira, os produtos baseiam-se em misturas de ativos selecionados cuidadosamente para cada tipo de cavaco, capazes de promover melhor penetração do licor, podendo ser aplicado tanto em cozimentos contínuos como em batelada. O produto atua como agente umectante, solubilizante e emulsificante, permitindo com que o licor tenha penetração mais rápida e uniforme, além de melhorar o inchamento da fibra.

Alinha deAntiespumantesbase água foi desenvolvida para atender às especificidades de cada segmento do mercado. A sua tecnologia e aplicação tem como objetivos diminuir e prevenir a formação de espuma no processo de produção do papel e otimizar custos. A nova linha de produtos tem apresentado excelentes resultados não só em laboratório, como já atua com sucesso em máquinas de papel dos diferentes segmentos, mostrando elevada eficiência tanto na "quebra” da espuma formada na água das máquinas (knockdown) como no seu efeito de persistência.

Já oControle de Contaminantes do Processo(Tratamento de Massa)atua como dispersante e emulsificante, recomendado como auxiliar de polpação na dispersão de ceras, colas poliméricas e resinas de resistência úmida, bastante efetivo na ação de contaminantes das sobras da conversão e fibras secundárias. Os emulsificantes e sua alta alcalinidade aumentam a molhabilidade das fibras, facilitando sua desagregação. A aplicação em campo comprovou que esta nova linha de produtos melhora o desempenho produtivo com ganhos significativos em tempo e redução de custos.

Tendo em seus pilares a inovação, a tecnologia e a sustentabilidade a Contech – que deu origem ao Grupo Ecotech – é 100% brasileira.A liderança de mercado representa o forte compromisso com as indústrias de papel e celulose. Entre os diferenciais da empresa estão os sistemas patenteados e customizados, o portfólio de produtos biodegradáveis, o serviço técnico residente, a customização de produtos, a inovação e o Centro de Pesquisa, Desenvolvimento e Tecnologia, além das certificações 9001 e 14001 que elevaram o reconhecimento da Contech, por parte de seus clientes, a rankings de excelência.

Sobre a Contech

Empresa 100% nacional com atuação global, líder de mercado no segmento de tratamento de vestimentas de papel e celulose, a Contech é conhecida por sua atuação no desenvolvimento de soluções de sistemas patenteados e customizados, que são aplicadas em todo segmento, incluindo papeis de imprimir e escrever, papeis tissue, papeis para embalagens, papeis especiais, e na fabricação de celulose.

A Contech faz parte do Grupo Ecotech, que engloba negócios relacionados à produção de soluções químicas tecnológicas, fabricação de sistemas mecânicos, consultoria e tratamento ambiental. Fundado em 2010, o Grupo Ecotech está localizado em Valinhos, São Paulo.


Contech ministra palestra sobre tissue em seminário da Abtcp

A Contech, empresa de tratamentos de vestimentas em papel e celulose, participou no último dia 15 de maio do Seminário de Tissue promovido pela Abtcp (Associação Brasileira Técnica de Celulose e Papel) em São Paulo. O gerente de vendas nacionais da companhia, José Sasso, palestrou o tema “Contaminantes do Processo Tissue – Fibra Virgem e Reciclada”.

O seminário teve como objetivo demonstrar as melhores práticas e as novas tecnologias aplicadas na fabricação de papel tissue, e contou com a presença de diversos gerentes, supervisores, coordenadores e colaboradores da cadeia produtiva de tissue.


Contech patrocina Seminário de Tissue da ABTCP

Contech apresenta palestra no Seminário de Tissue da ABTCP

Evento aconteceu no dia 15 de maio no SENAI Theobaldo De Nigris, em São Paulo

O gerente de Vendas Nacionais da Contech, José Sasso, proferiu palestra no Seminário de Tissue da Associação Brasileira Técnica de Celulose e Papel (ABTCP), abordando o tema “Contaminantes do Processo Tissue – Fibra Virgem e Reciclada”. O evento foi realizado no dia 15 de maio no SENAI Theobaldo De Nigris, em São Paulo.

A Contech - empresa do Grupo Ecotech e líder nacional no segmento de tratamentos de vestimentas em papel e celulose – também patrocinou o evento, que teve como objetivo demonstrar as melhores práticas e as novas tecnologias aplicadas na fabricação de Papel Tissue, e contou com a presença de gerentes, supervisores, coordenadores e colaboradores da cadeia produtiva de Tissue. 

Sobre a Contech

Empresa 100% nacional, líder de mercado no segmento de tratamento de vestimentas de papel e celulose, a Contech é conhecida por sua atuação no desenvolvimento de soluções de sistemas patenteados e customizados, que são aplicadas em todo segmento, incluindo papeis de imprimir e escrever, papéis tissue, papeis para embalagens, papeis especiais, e na fabricação de celulose.

A Contech faz parte do Grupo Ecotech, que engloba negócios relacionados à produção de soluções químicas tecnológicas, fabricação de sistemas mecânicos, consultoria e tratamento ambiental. Fundado em 2010, o Grupo Ecotech está localizado em Valinhos, São Paulo.

Informações à Imprensa – Way Comunicações

Tel.: (11) 3862-1586, 3862-0483

Bete Faria Nicastro

bete@waycomunicacoes.com.br


Jubileu de prata da Contech

Ao completar 25 anos de fundação em 2014, Contech faz planos para elevar sua participação no mercado

Leia mais


Contech apresenta palestra no Seminário de Tissue da ABTCP

Evento aconteceu no dia 15 de maio no SENAI Theobaldo De Nigris, em São Paulo

O gerente de Vendas Nacionais da Contech, José Sasso, proferiu palestra no Seminário de Tissue da Associação Brasileira Técnica de Celulose e Papel (ABTCP), abordando o tema "Contaminantes do Processo Tissue – Fibra Virgem e Reciclada”. O evento foirealizado no dia 15 de maio no SENAI Theobaldo De Nigris, em São Paulo.

A Contech - empresa do Grupo Ecotech e líder nacional no segmento de tratamentos de vestimentas em papel e celulose – também patrocinou o evento, que teve como objetivo demonstrar as melhores práticas e as novas tecnologias aplicadas na fabricação de Papel Tissue, e contou com a presença de gerentes, supervisores, coordenadores e colaboradores da cadeia produtiva de Tissue.

Sobre a Contech

Empresa 100% nacional, líder de mercado no segmento de tratamento de vestimentas de papel e celulose, a Contech é conhecida por sua atuação no desenvolvimento de soluções de sistemas patenteados e customizados, que são aplicadas em todo segmento, incluindo papeis de imprimir e escrever, papéis tissue, papeis para embalagens, papeis especiais, e na fabricação de celulose.

A Contech faz parte do Grupo Ecotech, que engloba negócios relacionados à produção de soluções químicas tecnológicas, fabricação de sistemas mecânicos, consultoria e tratamento ambiental. Fundado em 2010, o Grupo Ecotech está localizado em Valinhos, São Paulo.


Contech ministra curso à distância sobre tissue na ABTCP

Evento acontece no dia 28 de maio a partir das 10h no link da ABTCP

O gerente de Vendas da Contech, Luciano Viana da Silva, ministrará o curso ‘Contaminantes no Processo Tissue’em evento que será realizado na próxima quarta-feira, dia 28de maio, a partir das 10h, e que faz parte do programa de ensino à distância (EAD) da ABTCP.

A Contech - empresa do Grupo Ecotech e líder nacional no segmento de tratamentos de vestimentas em papel e celulose – divide com o mercado o expertise adquirido que aplica nas máquinas de tissue, no curso que tem como objetivo demonstrar os principais contaminantes do processo e como tratá-los.

Sobre a Contech

Empresa 100% nacional, líder de mercado no segmento de tratamento de vestimentas de papel e celulose, a Contech é conhecida por sua atuação no desenvolvimento de soluções de sistemas patenteados e customizados, que são aplicadas em todo segmento, incluindo papeis de imprimir e escrever, papéis tissue, papeis para embalagens, papeis especiais, e na fabricação de celulose.

A Contech faz parte do Grupo Ecotech, que engloba negócios relacionados à produção de soluções químicas tecnológicas, fabricação de sistemas mecânicos, consultoria e tratamento ambiental. Fundado em 2010, o Grupo Ecotech está localizado em Valinhos, São Paulo.


Contech patrocina curso da ABTCP

A Contech, empresa do Grupo Ecotech que é líder nacional no segmento de tratamentos de vestimentas em papel e celulose, patrocinou o "Curso Básico de Papel e Celulose - da Floresta ao Produto Acabado”, realizado pela Associação Brasileira Técnica de Celulose e Papel (ABTCP) nos dias 9 e 10 de abril, no auditório da entidade.

O curso, ministrado pelo especialista Ericode Castro Ebeling,teve como objetivoproporcionar aos profissionais que atuam no setor papeleiro as informações básicas pertinentes aos processos de fabricação de papeis e discutir os conceitos mais importantes, visando atualizar e melhorar a visão sobre as práticas comumente utilizadas.

Na ocasião, o Gerente de Vendas da Contech, Luciano Viana, fez a abertura do evento e apresentou a empresa aos participantes do curso, que teve como público-alvo profissionais não técnicos do setor, área comercial, administrativa, financeira, jurídica, recursos humanos, representantes de empresas de suporte ao setor, fornecedores de equipamentos, produtos químicos, engenharia, profissionais egressos de outros setores industriais, estudantes de graduação e pós-graduação e profissional interessado em atualização profissional.

 

FAÇA O DOWNLOAD DA REPORTAGEM INSTITUCIONAL CONTECH (ANEXO PDF)

 


Sobre a Contech

Empresa 100% nacional, líder de mercado no segmento de tratamento de vestimentas de papel e celulose, a Contech é conhecida por sua atuação no desenvolvimento de soluções de sistemas patenteados e customizados, que são aplicadas em todo segmento, incluindo papeis de imprimir e escrever, papéis tissue, papeis para embalagens, papeis especiais, e na fabricação de celulose.

A Contech faz parte do Grupo Ecotech, que engloba negócios relacionados à produção de soluções químicas tecnológicas, fabricação de sistemas mecânicos, consultoria e tratamento ambiental. Fundado em 2010, o Grupo Ecotech está localizado em Valinhos, São Paulo.



Contech patrocina curso da ABTCP

A Contech, empresa do Grupo Ecotech que é líder nacional no segmento de tratamentos de vestimentas em papel e celulose, patrocinou o “Curso Básico de Papel e Celulose - da Floresta ao Produto Acabado”, realizado pela Associação Brasileira Técnica de Celulose e Papel (ABTCP) nos dias 9 e 10 de abril, no auditório da entidade.

O curso, ministrado pelo especialista Erico de Castro Ebeling, teve como objetivo proporcionar aos profissionais que atuam no setor papeleiro as informações básicas pertinentes aos processos de fabricação de papeis e discutir os conceitos mais importantes, visando atualizar e melhorar a visão sobre as práticas comumente utilizadas.

Na ocasião, o Gerente de Vendas da Contech, Luciano Viana, fez a abertura do evento e apresentou a empresa aos participantes do curso, que teve como público-alvo profissionais não técnicos do setor, área comercial, administrativa, financeira, jurídica, recursos humanos, representantes de empresas de suporte ao setor, fornecedores de equipamentos, produtos químicos, engenharia, profissionais egressos de outros setores industriais, estudantes de graduação e pós-graduação e profissional interessado em atualização profissional.

Sobre a Contech

Empresa 100% nacional, líder de mercado no segmento de tratamento de vestimentas de papel e celulose, a Contech é conhecida por sua atuação no desenvolvimento de soluções de sistemas patenteados e customizados, que são aplicadas em todo segmento, incluindo papeis de imprimir e escrever, papéis tissue, papeis para embalagens, papeis especiais, e na fabricação de celulose.

A Contech faz parte do Grupo Ecotech, que engloba negócios relacionados à produção de soluções químicas tecnológicas, fabricação de sistemas mecânicos, consultoria e tratamento ambiental. Fundado em 2010, o Grupo Ecotech está localizado em Valinhos, São Paulo.


Contech investe em ação de relacionamento com clientes

Empresa do Grupo Ecotech realiza o "Contech Day" como parte do planejamento para 2014, ano em que completa 25 anos no mercado

No ano em que a Contech, empresa do Grupo Ecotech líder nacional no segmento de tratamentos de vestimentas em máquinas de papel e celulose, completa 25 anos no mercado, sua equipe de planejamento projeta ações estratégicas com o objetivo de consolidar a marca no setor em que atua. Dentre as ações previstas para 2014, está o “Contech Day”, que visa à aproximação e relacionamento com os clientes.

Serão oito eventos realizados em diversas cidades do País ao longo do ano, reunindo os principais clientes de cada região. No próximo dia 4 de abril, a ação será realizada no sul do Brasil, em Lages (SC).

Cada um dos eventos contará com uma apresentação comercial da Contech, com a exibição dos novos produtos, inovação e perspectivas, seguida de happy-hour para confraternização e estreitamento de relacionamento entre as empresas e seus representantes.

Sobre a Contech

Empresa 100% nacional, líder de mercado no segmento de tratamento de vestimentas de papel e celulose, a Contech é conhecida por sua atuação no desenvolvimento de soluções de sistemas patenteados e customizados, que são aplicadas em todo segmento, incluindo papeis de imprimir e escrever, papéis tissue, papeis para embalagens, papeis especiais, e na fabricação de celulose.

A Contech faz parte do Grupo Ecotech, que engloba negócios relacionados à produção de soluções químicas tecnológicas, fabricação de sistemas mecânicos, consultoria e tratamento ambiental. Fundado em 2010, o Grupo Ecotech está localizado em Valinhos, São Paulo.


Contech investe em ação de relacionamento com clientes

Empresa do Grupo Ecotech realiza o "Contech Day” como parte do planejamento para 2014, ano em que completa 25 anos no mercado

No ano em que a Contech, empresa do Grupo Ecotech líder nacional no segmento de tratamentos de vestimentas em máquinas de papel e celulose, completa 25 anos no mercado, sua equipe de planejamento projeta ações estratégicas com o objetivo de consolidar a marca no setor em que atua. Dentre as ações previstas para 2014, está o "Contech Day”, que visa à aproximação e relacionamento com os clientes.

Serão oito eventos realizados em diversas cidades do País ao longo do ano, reunindo os principais clientes de cada região. No próximo dia 04 de abril, a ação será realizada no sul do Brasil, em Lages (SC).

Cada um dos eventos contará com uma apresentação comercial da Contech, com a exibição dos novos produtos, inovação e perspectivas, seguida dehappy-hourpara confraternização e estreitamento de relacionamento entre as empresas e seus representantes.

Sobre a Contech

Empresa 100% nacional, líder de mercado no segmento de tratamento de vestimentas de papel e celulose, a Contech é conhecida por sua atuação no desenvolvimento de soluções de sistemas patenteados e customizados, que são aplicadas em todo segmento, incluindo papeis de imprimir e escrever, papéis tissue, papeis para embalagens, papeis especiais, e na fabricação de celulose.

A Contech faz parte do Grupo Ecotech, que engloba negócios relacionados à produção de soluções químicas tecnológicas, fabricação de sistemas mecânicos, consultoria e tratamento ambiental. Fundado em 2010, o Grupo Ecotech está localizado em Valinhos, São Paulo.


Contech apresenta novo produto para o setor de C&P

A tecnologia foi desenvolvida ao longo do segundo semestre de 2013

A Contech, empresa do Grupo Ecotech acaba de lançar um novo produto na linha de antiespumantes base água. A tecnologia foi desenvolvida ao longo do segundo semestre de 2013, e sua aplicação tem como objetivo diminuir e prevenir a formação de espuma no processo de produção do papel.

O novo produto tem apresentado resultados positivos tanto em laboratório quanto em testes piloto em máquinas de papel, mostrando elevada eficiência tanto na "quebra” da espuma formada na água das máquinas (knockdown) como no seu efeito de persistência.

A elevada eficiência apresentada pelo produto é fruto de intensa pesquisa realizada com foco na obtenção de um desempenho superior para essa formulação, e vem da ação combinada entre o processo de preparação e as matérias-primas utilizadas para obter o efeito final desejado.

O estudo realizado em campo, ao longo de testes em clientes, com o auxílio da experiência dos técnicos de campo da Contech, acompanhando de perto os resultados das aplicações, trabalhando no ajuste das dosagens e desenvolvendo os melhores pontos de aplicação, também constitui um ponto importante para o sucesso do produto.

"Nosso trabalho de desenvolvimento de produtos tem como premissa atender as demandas do mercado. E foi dessa forma que procedemos com o antiespumante base água, desenvolvido juntamente com as necessidades apresentadas por nossos clientes, de modo que foram feitos ajustes à fórmula-base até chegarmos à eficiência desejada”, afirma a gerente de P&D do Grupo Ecotech, Dra. Carla Veríssimo.

Fonte: CeluloseOnline


Contech 25 Anos - Apresenta Novos Produtos para Celulose e Papel

Empresa brasileira destaca-se com aumento de portfólio, inovação e resultados reais em instalações nas mais importantes fabricantes de celulose e papel mundiais.

Leia mais


Expansão do Centro de Pesquisa, Desenvolvimento e Tecnologia do Grupo Ecotech amplia a capacidade de trabalho em P,D&I

Gerente de P&D do Grupo Ecotech Carla Veríssimo e Parte do Centro de Pesquisa, Desenvolvimento e Tecnologia (CDT) do Grupo Ecotech

  • No departamento são desenvolvidos projetos voltados para as áreas de Papel e Celulose, Meio Ambiente, dentre outros, com foco na expansão de novos negócios

  • Nova estação piloto de tratamento de efluentes com foco no reuso está em desenvolvimento e será inicializada no primeiro semestre de 2014

O Grupo Ecotech comemorou, na primeira semana de fevereiro, a expansão de seu Centro de Pesquisa, Desenvolvimento e Tecnologia (CDT). O departamento, que foi fundado em 2005, foi ampliado em 35%. O novo espaço criado foi direcionado à área de laboratórios e é dedicado ao desenvolvimento de produtos e serviços voltados ao segmento de Papel e Celulose, enquanto outro espaço é exclusivamente centrado nas pesquisas para Meio Ambiente, resultando em uma setorização das atividades desenvolvidas.

De acordo com a gerente de P&D do Grupo Ecotech Carla Veríssimo, o CDT é voltado ao desenvolvimento de projetos para as áreas de Papel e Celulose, Meio Ambiente, dentre outras pesquisas com cerne na expansão de novos negócios, atendendo a requisitos específicos de cada cliente, bem como correspondendo às necessidades internas da empresa. "No laboratório são realizados testes e pesquisas para a prospecção de novos produtos e tecnologias com foco na inovação; e são realizados desenvolvimentos visando um aumento da eficiência dos produtos já existentes”, explica Veríssimo. Com o modelo de inovação aberta, o Grupo Ecotech, que investe 5 % do seu faturamento anual em inovação, tem como fundamento a realização de trabalhos que vão além dos limites deste departamento da empresa.

As pesquisas do CDT são divididas em três grandes áreas: Papel e Celulose, atendendo à Contech, empresa do Grupo que possui 25 anos de expertise no mercado; Meio Ambiente, com o desenvolvimento de sistemas inovadores de tratamento de efluentes industriais, reuso de água, remediação de água subterrânea e de solos; e Projetos Estratégicos, que englobam o desenvolvimento de pesquisas na área de Materiais Funcionais Nanoestruturados, podendo ser utilizados em vários segmentos industriais, desde aditivos em polímeros até cosméticos.

Planta piloto destinada ao tratamento de efluentes auxilia desenvolvimentos do CDT

A primeira estação piloto desenvolvida visando estudos de tratabilidade   de efluentes industriais foi iniciada em junho de 2013. Uma segunda unidade piloto, com o diferencial de atuar em reuso, tem o início de sua operação previsto para o começo de 2014 e traz técnicas de separações físicas acopladas ao conceito de degradação dos contaminantes via processos de oxidação avançada. A tecnologia desenvolvida nestes equipamentos  de tratamento de efluentes proporciona uma interação mais efetiva de agentes oxidantes em sistemas de tratamento de efluentes e reuso de água, sendo essa interação traduzida em aumento de eficiência do tratamento. O foco do desenvolvimento foi acoplar soluções químicas a uma engenharia capaz de proporcionar a obtenção de reações cineticamente mais eficientes, produzindo uma solução tecnológica limpa, robusta e eficaz no tratamento de efluentes industriais em matrizes complexas de contaminantes orgânicos recalcitrantes e poluentes emergentes. O sistema apresenta-se bastante flexível quanto à sua utilização, atuando completamente integrado a qualquer instalação de tratamento de efluentes ou reuso de água.

Sobre o Grupo Ecotech

O grupo brasileiro Ecotech é composto por três empresas, congregando os negócios da Contech na área de Papel & Celulose, que deu origem ao Grupo e há 25 anos tem importante presença no mercado de especialidades químicas, e das  empresas Tratch e Tratch-Mundi, que são voltadas para os negócios de soluções tecnológicas para Meio Ambiente. O Grupo ainda opera com algumas empresas aliadas estratégicas, destacando-se a DPR, exclusiva em fabricação de equipamentos, visando as aplicações químicas das soluções tecnológicas.


Contech participa do XXIII Congresso Internacional & ExpoAcotepac 2014

Empresa do Grupo Ecotech, que atua no setor de papel e celulose, marcará presença em evento organizado pela Associação Colombiana de Técnicos da Indústria de Celulose, Papel e Cartão (ACOTEPAC)

De 19 a 21 de fevereiro, a Contech – empresa do Grupo Ecotech que é líder nacional no segmento de tratamentos de vestimentas em papel e celulose e com soluções completas em químicos – participará do "XXIII Congreso Internacional & ExpoAcotepac 2014 – innovación y competitividade en la industria papelera”. O evento, que é organizado pela Asociación Colombiana de Técnicos de la Industria de Pulpa, Papel y Cartón (Acotepac), acontecerá no Club Campestre de Cali, em Cali – Colômbia.

A Contech marcará presença na feira com um stand, onde apresentará seu portfolio completo de soluções para o mercado de celulose e papel, incluindo tratamento de vestimentas e novos produtos como antiespumante, dispersante e tratamento de massa. A empresa ainda acompanhará o ciclo de palestras técnicas que serão exibidas durante o evento.

A presença no evento faz parte do planejamento estratégico da Contech para o ano de 2014, que prevê a ampliação do portfolio e a expansão da atuação no mercado externo, com foco nos países da América Latina. Com expressivos resultados e desempenho relevante no Brasil nos seus 25 anos de existência, a Contech expande seu mercado e chega com sua tecnologia inovadora a diversos países.

Sobre a Contech

Líder de mercado no segmento de papel e celulose, é conhecida por sua atuação no desenvolvimento de soluções de sistemas patenteados e customizados. As soluções Contech podem ser aplicadas na fabricação de papel, na preparação de massa no processo papeleiro e na fabricação de celulose.
A Contech completa 25 anos e faz parte do Grupo Ecotech, que engloba negócios relacionados à produção de produtos químicos, sistemas mecânicos, consultoria e tratamento ambiental. Fundado em 2010, o Grupo Ecotech está localizado em Valinhos, São Paulo.


Contech patrocina 65ª Festa do Figo e 20ª Expogoiaba

Empresa do Grupo Ecotech, que completa 25 anos em 2014, apoia mais uma vez a tradicional festa que há 65 anos vem se solidificando como o evento turístico mais importante do município; edição especial da festa contará com shows de artistas de todo o Brasil

Autor: Bete Faria Nicastro

Dos dias 18 de janeiro a 2 de fevereiro de 2014, acontece a famosa Festa do Figo e Expogoiaba, grande evento promovido pela Prefeitura Municipal de Valinhos. A tradicional Festa do Figo comemora 65 anos nesta edição e devido à celebração, artistas de projeção nacional se apresentarão no evento. A Contech, empresa do Grupo Ecotech – líder nacional no segmento de tratamentos de vestimentas em papel e celulose – patrocina mais uma vez este importante acontecimento do circuito paulista e também comemora uma data especial: seus 25 anos.

Durante a celebração, circulará uma edição especial da revista da Festa. O informativo terá a participação da Contech, que é uma das 15 maiores indústrias de Valinhos, com liderança nacional em seu segmento e atuação multinacional. A empresa busca atuar no desenvolvimento da comunidade local, atuando com patrocínios e apoios culturais, esportivos e sociais na região.

A 65ª Festa do Figo e 20ª Expogoiaba acontecem simultaneamente de terça a sexta, das 18h às 23h, e aos sábados, domingos das 10h às 23h; e, excepcionalmente, no dia 20 de janeiro (feriado municipal), das 10h às 23h. O evento será realizado no Parque Municipal Monsenhor Bruno Nardini, localizado na Rua Dom João VI, nº 82, Jardim Planalto - Valinhos/SP. Informações sobre ingressos para os shows por meio do site www.festadofigo.com.br


Sobre a Contech

Líder de mercado no segmento de papel e celulose, é conhecida por sua atuação no desenvolvimento de soluções de sistemas patenteados e customizados. As soluções Contech podem ser aplicadas na fabricação de papel, na preparação de massa no processo papeleiro e na fabricação de celulose.

A Contech faz parte do Grupo Ecotech, que engloba negócios relacionados à produção de produtos químicos, sistemas mecânicos, consultoria e tratamento ambiental. Fundado em 2010, o Grupo Ecotech está localizado em Valinhos, São Paulo.


Fonte: Way Comunicações


Grupo Ecotech abre comemorações de 25 anos com festa de final de ano

Organização de empresas do setor químico completará seu 25º ano em 2014 e iniciou celebração com confraternização entre os colaboradores

No dia 6 de outubro, das 8h às 17h30, as empresas do Grupo Ecotech – Contech, Tratch e Tratch-Mundi - e a parceira estratégica DPR, que atuam para diversos setores da indústria química, realizaram festa de confraternização de final de ano com seus colaboradores na Casa de Chocolate, em Valinhos. A ocasião teve como tema "Rumo aos 25” e marcou o início das comemorações dos 25 anos de Contech.

Também foram usadas referências ao assunto Copa do Mundo, com o objetivo de reforçar entre os funcionários mensagens de união, cooperação e conquistas, remetendo a ideias do futebol, como "time” e "vitória”. Todos os convidados receberam uma camiseta-convite para livre acesso ao evento. Durante a festa houve churrasco, futebol, show ao vivo do grupo musical Samba de Responsa, DJ, salão de jogos e piscina. 

Os presentes ainda participaram do sorteio de brindes – TV LED 3D 32”, bicicleta, tablets, peças de cozinha, climatizador, câmera digital, kits churrasco e caipirinha, camiseta oficial do Brasil, bolas da Copa, pipoqueira, grill, dentre outros. Foram 49 prêmios sorteados entre os colaboradores, durante o evento.

Em 2014 a Contech completará 25 anos, com mercado interno consolidado e grandes expectativas em suas investidas no exterior. A fim de avançar ainda mais no setor, a empresa está planejando uma série de ações para o próximo ano.

Sobre o Grupo Ecotech

O grupo brasileiro Ecotech é composto por três empresas, congregando os negócios da Contech na área de Papel & Celulose, que deu origem ao Grupo e há mais de 20 anos tem importante presença no mercado de especialidades químicas, e das  empresas Tratch e Tratch-Mundi, que são voltadas para os negócios de soluções tecnológicas para Meio Ambiente. O Grupo ainda opera com algumas empresas aliadas estratégicas, destacando-se a DPR para a engenharia exclusiva das aplicações químicas das soluções tecnológicas. Site: http://www.grupoecotech.com.br/

Informações à Imprensa – Way Comunicações
Tel.: (11) 3862-1586, 3862-0483
Bete Faria Nicastro e Stefanie Rigamonti
bete@waycomunicacoes.com.br / stefanie@waycomunicacoes.com.br


Empresa do Grupo Ecotech realiza campanha contra o Câncer de Mama

Contech promoverá palestra sobre prevenção do Câncer de Mama a colaboradoras da empresa e da Tratch, que irão trabalhar, neste dia, com camisetas cor-de-rosa em prol da causa.

Amanhã, dia 18 de outubro, às 8h, a Contech – empresa do Grupo Ecotech que atua para o setor de papel e celulose, e líder nacional no segmento de tratamento de vestimentas – realizará em suas dependências palestra intitulada "Prevenção de Câncer de Mama”. O tema será ministrado pela médica pediatra, homeopata e Presidente da ONG Grupo Rosa & Amor de Valinhos, Drª Marcia Franceze.
Como outubro é o mês da conscientização sobre o Câncer de Mama – tipo de câncer que mais causa mortes no universo feminino, a palestra tem como objetivo conscientizar sobre os cuidados das mulheres com a saúde. Para este dia, a Contech apoia as colaboradoras a irem vestidas de rosa.

Informações à Imprensa – Way Comunicações
Tel.: (11) 3862-1586, 3862-0483
Bete Faria Nicastro e Stefanie Rigamonti
bete@waycomunicacoes.com.br / stefanie@waycomunicacoes.com.br


Contech expõe cases de sucesso e apresenta inovações durante a ABTCP 2013

Em sua participação na feira internacional do setor de papel e celulose, empresa trouxe novas aplicações e tecnologias, além das soluções ambientais do Grupo Ecotech


De 08 a 10 de outubro, no Transamérica Expo Center – São Paulo (SP), a Contech – empresa do Grupo Ecotech líder nacional no segmento de tratamento de vestimentas do setor de papel e celulose – participou do 46º Congresso e Exposição Internacional de Celulose e Papel. Durante o evento, que teve como tema "Tecnologias Limpas e Ecoeficiência”, a empresa apresentou seu portfólio de serviços e produtos atuais, as novidades e soluções inovadoras para a indústria de papel e celulose e as soluções da divisão ambiental do Grupo Ecotech.

Em novidades para o setor, a empresa apresentou novas soluções para tratamento de pitch e stickie (desenvolvimento de um novo sistema de controle e acompanhamento completo do processo on-line); um sistema de reaproveitamento de fibras em linhas de rejeito através do conceito de termodispersão; tratamento químico individualizado das vestimentas, com aplicação de químicos de acordo com as necessidades de cada posição de feltro; e tratamento químico das vestimentas via chuveiro agulha, utilizando menos água em equipamentos com menor poder de desaguamento.

A Contech ainda reforçou para a indústria de celulose e papel as soluções tecnológicas da divisão ambiental do Grupo Ecotech por meio da Tratch e da Tratch-Mundi. O portfólio ambiental do Grupo oferece uma variedade de soluções para avaliar, projetar, instalar e operar as tecnologias, buscando a solução adequada para o cliente, dando total suporte às suas decisões nos processos de Gerenciamento e Remediação de Áreas Contaminadas, Mapeamento Geológico e Engenharia, Geoprocessamento, Licenciamento & Projetos Ambientais, Tratamento de Efluentes & Reuso de Água. Além de toda essa gama, oferece o exclusivo processo patenteado de Remediação Itinerante, com aplicação das tecnologias in situ.

A participação na feira permitiu à Contech grandes oportunidades de networking e negócios, atendendo, assim, às suas expectativas. Além de receber em seu stand um grande número de stakeholders e prospects, que puderam ouvir as novidades da empresa para o setor de papel e celulose, a Contech também pôde conhecer os serviços e produtos dos demais players disponíveis no mercado.

Sobre a Contech
Líder de mercado no segmento de tratamento de vestimentas de papel e celulose, a empresa é conhecida por sua atuação no desenvolvimento de soluções de sistemas patenteados e customizados. As soluções Contech, além da área de papéis tissue, podem ser aplicadas em todo segmento papeleiro, incluindo papéis de imprimir e escrever, papéis para embalagens e papéis especiais, e na fabricação de celulose.
A Contech faz parte do Grupo Ecotech, que engloba negócios relacionados à produção de soluções químicas tecnológicas, sistemas mecânicos, consultoria e tratamento ambiental. Fundado em 2010, o Grupo Ecotech está localizado em Valinhos, São Paulo.

Informações à Imprensa – Way Comunicações
Tel.: (11) 3862-1586, 3862-0483
Bete Faria Nicastro e Stefanie Rigamonti
bete@waycomunicacoes.com.br / stefanie@waycomunicacoes.com.br



Contech patrocina exposição fotográfica de Haroldo Pazinatto

 

Projeto "Os 60 anos de imagens de Haroldo Pazinatto” retratará a história da cidade de Valinhos e seus patrimônios artísticos, culturais e arquitetônicos

A Contech, importante player do mercado de papel e celulose, líder no tratamento de feltros e vestimentas desse setor e integrante do Grupo Ecotech – localizado em Valinhos, patrocina o projeto "Os 60 anos de imagens de Haroldo Pazinatto”, exposição fotográfica que trará imagens do renomado fotógrafo de Valinhos com registros da cidade e seus patrimônios artísticos, culturais e arquitetônicos. A exposição será realizada em três locais diferentes da cidade no período de 30 de agosto a 08 de novembro, com fotos diferentes, convidando assim o espectador a percorrer todo o circuito expositivo durante a exibição da exposição. Além das imagens, serão produzidas duas maquetes tridimensionais mostrando detalhadamente o desenho urbano de Valinhos no início do século XX a partir de fotos do autor. Também na ocasião será lançado um livro/catálogo com 124 páginas, com a obra e história de Haroldo Pazinatto, e depoimentos de pessoas que conviveram com ele. Serão também confeccionados 100 quebra-cabeças com fotos da exposição, que serão distribuídos aos visitantes.

A exposição, organizada pelo neto de Haroldo, Marcel Trombetta Pazinatto, tem como objetivo proporcionar aos valinhenses o acesso ao trabalho iconográfico de Haroldo Pazinatto; resgatar imagens do cotidiano da cidade que possam contribuir para uma leitura da transformação da cidade; prestar homenagem ao fotógrafo Haroldo Pazinatto por toda sua contribuição profissional para Valinhos; contribuir para a preservação da memória histórica da cidade e resgatar o passado de Valinhos, fazendo assim uma ponte com o presente e uma luz para o seu futuro.

Além das imagens, serão produzidas duas maquetes tridimensionais mostrando detalhadamente o desenho urbano de Valinhos no início do século XX a partir de fotos do autor. Também na ocasião será lançado um livro/catálogo com 124 páginas, com a obra e história de Haroldo Pazinatto, e depoimentos de pessoas que conviveram com ele. Serão também confeccionados 100 quebra-cabeças com fotos da exposição, que serão distribuídos aos visitantes.

 

A exposição, organizada pelo neto de Haroldo, Marcel Trombetta Pazinatto, tem como objetivo proporcionar aos valinhenses o acesso ao trabalho iconográfico de Haroldo Pazinatto; resgatar imagens do cotidiano da cidade que possam contribuir para uma leitura da transformação da cidade; prestar homenagem ao fotógrafo Haroldo Pazinatto por toda sua contribuição profissional para Valinhos; contribuir para a preservação da memória histórica da cidade e resgatar o passado de Valinhos, fazendo assim uma ponte com o presente e uma luz para o seu futuro.

Produção Cultural:

Acervo Haroldo Pazinatto:

www.acervoharoldopazinatto.com.br

Marcel Pazinatto

(19) 3869 5610 / 9133 9688

marceltp@yahoo.com.br

 

Serviço:

 

Data: De 30 de agosto a 28 de setembro

Horário: Segunda a sexta das 8h00 às 17h00; sábados e domingos das 8h00 às 13h00
Local: Museu Municipal "Fotógrafo Haroldo Ângelo Pazinatto”

Endereço: Rua Doze de Outubro, nº 20 - estação Ferroviária, Centro, Valinhos (SP)

Telefone: (19) 3849-7557

Entrada: Franca

 

Data: De 04 a 19 de outubro

Horário: Segunda a sexta das 9:00 às 17:00; sábados das 9:00 às 13:00

Local: Prefeitura Municipal de Valinhos

Endereço: Rua Antônio Carlos, nº 301, Centro, Valinhos (SP)

Telefone: (19) 3849-8000

Entrada: Franca

Data: De 25 de outubro a 08 de novembro

Horário: Segunda a sexta das 9:00 às 17:00

Local: Câmara Municipal de Valinhos

Endereço: Rua Ângelo Antônio Schiavinato, nº 59, Residencial São Luíz, Valinhos (SP)

Telefone: (19) 3515-7199

Entrada: Franca

 

Líder de mercado no segmento de tratamento de vestimentas de papel e celulose, a empresa é conhecida por sua atuação no desenvolvimento de soluções de sistemas patenteados e customizados. As soluções Contech, além da área de papéis tissue, podem ser aplicadas em todo segmento papeleiro, incluindo papéis de imprimir e escrever, papéis para embalagens e papéis especiais, e na fabricação de celulose.

A Contech faz parte do Grupo Ecotech, que engloba negócios relacionados à produção de soluções químicas tecnológicas, sistemas mecânicos, consultoria e tratamento ambiental. Fundado em 2010, o Grupo Ecotech está localizado em Valinhos, São Paulo.

 

Informações à Imprensa – Way Comunicações
Tel.: (11) 3862-1586, 3862-6519
Bete Faria Nicastro e Júnia Braga Chaves
bete@waycomunicacoes.com.br /junia@waycomunicacoes.com.br

 

 


A 1a Semana de Celulose e Papel tem repercussão positiva nas mídias

A 1a Semana de Celulose e Papel de Três Lagoas promovida pela ABTCP (30/07 a 01/08) não foi só positiva em termos de qualidade e público, mas também pela grande repercussão em algumas mídias do setor e da região do munícipio de Três Lagoas. Nas mídias sociais o resultado não poderia ter sido melhor. 30 novas pessoas curtiram a página da entidade no Facebook e contamos com mais 47 novos seguidores no Twitter!

Além disso, a ABTCP dá as boas-vindas aos seus 30 novos associados que se tornaram membros durante a semana do evento e agradece ainda o apoio recebido para a realização deste importante acontecimento. Aos patrocinadores, Ashland, Contech, Nalco e Voith; aos apoiadores: Celulose Online, CanaMix, Painel Florestal, International Paper, Fibria, Eldorado Brasil e NSK e ainda ao SENAI, à prefeitura de Três Lagoas e a todos os palestrantes da 1a Semana do Papel e Celulose.

Fonte: http://www.abtcpblog.org.br/


Estímulo ao uso mais sensato dos recursos da natureza

Imagens da notícia:

Imagem 1

Imagem 2

Imagem 3


Empresas patrocinadoras são destaques na 1ª Semana de C&P de Três Lagoas

Representante da Contech foi o primeiro a discursar sobre produtos químicos

Durante a 1ª Semana de Celulose e Papel em Três Lagoas (MS), nesta quarta-feira (31), empresas que patrocinaram o evento discutiram o uso de produtos químicos e o gerenciamento da parte úmida na produção de papel. Representantes da Contech, Ashland e Nalco falaram por cerca de duas horas para um público de mais de 120 pessoas. 

O primeiro a se apresentar foi Luciano Silva, da Contech, empresa brasileira sediada em Valinhos (SP) e que é referência em qualidade e tecnologia no setor de C&P. Silva comentou que toda aplicação da indústria química é voltada para o aumento de produtividade, melhoria de qualidade e redução de custos. A preocupação ambiental é um dos pilares de ações da empresa, segundo Luciano. 

O executivo ainda mostrou que a participação em volume de produção da Contech é de 95% no mercado de imprimir e escrever, 65% em tissue, 50% em embalagem e 55% na área de celulose. Outra parte da palestra foi voltada para o tratamento e condições de vestimentas e soluções, como a limpeza de feltros. 

Em seguida, Flavio Oliveira da Ashland, empresa que tem mais de duas mil patentes ativas e está entre as dez especializadas do mundo, falou sobre as interferências e variações do "andamento” das máquinas que são fatores que interferem diretamente na produção de papel. Estabilidade e alta qualidade, foram as palavras que Oliveira usou para falar da importância da retenção e drenagem de água nas máquinas. Segundo informações do executivo, é possível economizar cerca de 15 ou 20 dólares para cada tonelada de papel, quando os produtos químicos são usados de forma correta. 

Por fim, Cesar Mendes da Nalco, fornecedora de produtos químicos, comentou que o setor é muito crítico e justamente por isso, uma pequena variação pode causar um grande impacto na produtividade final do papel. Ele ainda comentou que uma das ideias é reduzir o tempo de parada programada, buscando sempre produzir mais e com melhor qualidade. O foco de Mendes foi direcionado ao tratamento de químicos, que faz com que a folha muda e o teor seco também. 

Fonte: http://celuloseonline.com.br/


Contech patrocina Semana Papel e Celulose da ABTCP

Empresa também fará palestra técnica no evento que acontecerá em Três Lagoas, a ‘capital da celulose’, de 30 de julho a 1º de agosto

A Contech – importante player do setor de papel e celulose e líder deste mercado no segmento de tratamento de vestimentas – patrocina a 1º Semana de Celulose e Papel em Três Lagoas, cidade que concentra grandes fabricantes do setor, no período de 30 de julho a 1º de agosto.

O objetivo do evento, que acontecerá no SENAI Três Lagoas e é realizado pela ABTCP, é promover reflexões, discussões e debates sobre assuntos de importância para o setor de Celulose e Papel.

A Contech acredita na disseminação do conhecimento e na oportunidade de fomentar a troca de ideias entre os profissionais da área, finalidade do evento. O Gerente de Vendas da empresa, Luciano Silva, fará uma palestra técnica no dia 31 de julho, às 18 horas, explanando sobre o tema "Sistema de Condicionamento de Vestimentas”.

Sobre a Contech
Líder de mercado no segmento de tratamento de vestimentas de papel e celulose, a empresa é conhecida por sua atuação no desenvolvimento de soluções de sistemas patenteados e customizados. As soluções Contech, além da área de papéis de imprimir e escrever, podem ser aplicadas em todo segmento papeleiro, incluindo papéis tissue, papéis para embalagens e papéis especiais, e na fabricação de celulose.

A Contech faz parte do Grupo Ecotech, que engloba negócios relacionados à produção de soluções químicas tecnológicas, sistemas mecânicos, consultoria e tratamento ambiental. Fundado em 2010, o Grupo Ecotech está localizado em Valinhos, São Paulo.

Fonte: http://www.abiquim.org.br/comunicacao/associada

 

Informações à Imprensa – Way Comunicações
Tel.: (11) 3862-1586, 3862-0483
Bete Faria Nicastro e Júnia Braga Chaves
bete@waycomunicacoes.com.br / junia@waycomunicacoes.com.br


Contech divulga resultados após replantio de 200 árvores em Valinhos

Já é possível observar atendimento parcial de alguns dos objetivos do projeto como recuperação da cobertura florestal, redução no assoreamento da lagoa e recuperação da fauna local; algumas espécies de árvores já estão produzindo frutos

Em abril de 2012, a Contech, empresa líder no segmento do tratamento de feltros e vestimentas no setor de papel e celulose, realizou o plantio de 200 mudas de árvores de espécies nativas, cumprindo com a medida compensatória decorrente da autorização para supressão de oito árvores nativas em virtude da execução de uma obra, conforme o Termo de Compromisso de Compensação Ambiental – TCCA nº 022/10 do processo nº 3536/2010. Atualmente, em junho, mês em que se celebra a preservação do meio ambiente internacionalmente, já é possível observar o atendimento parcial de alguns dos objetivos do projeto como recuperação da cobertura florestal, redução no assoreamento da lagoa e recuperação da fauna local. Além disso, algumas espécies de árvores já estão produzindo frutos. A empresa comemora os bons resultados.

O plantio foi realizado em uma Área de Preservação Permanente pertencente ao Clube de Campo Vale Verde, em Valinhos. A seleção das espécies plantadas foi baseada na Resolução nº 8, de 31 de janeiro de 2008, da Secretaria do Meio Ambiente em conformidade com a exigência técnica de Recuperação Ambiental do TCCA. Para garantir o sucesso do restauro florestal, a empresa monitorou o plantio, por meio de visitas mensais e ações que visam à conservação do bom andamento do projeto e crescimento das mudas de acordo com o padrão.

As Áreas de Preservação Permanente são protegidas por lei, e têm grande importância ecológica para a preservação dos recursos hídricos, da paisagem, para a estabilidade geológica, a biodiversidade, o fluxo gênico de fauna e flora, para a proteção do solo e para o bem estar das populações humanas.

No caso da área onde foi feito o plantio, uma mata ciliar que margeia uma lagoa em processo de assoreamento esta sendo recuperada. As principais causas do assoreamento estão relacionadas aos desmatamentos, tanto das matas ciliares quanto das demais coberturas vegetais que, naturalmente, protegem os solos. A exposição desses terrenos para práticas agrícolas, exploração agropecuária, mineração ou para ocupações urbanas, em geral acompanhadas de movimentação de terra e da impermeabilização do solo, abrem caminho para os processos erosivos e para o transporte de materiais orgânicos e inorgânicos, que são drenados até o depósito final nos leitos dos cursos d’água e dos lagos.

Sobre a Contech
Líder de mercado no segmento de papel e celulose, é conhecida por sua atuação no desenvolvimento de soluções de sistemas patenteados e customizados. As soluções Contech podem ser aplicadas na fabricação de papel, na preparação de massa no processo papeleiro e na fabricação de celulose. A Contech faz parte do Grupo Ecotech, que engloba negócios relacionados a produção de produtos químicos, sistemas mecânicos, consultoria e tratamento ambiental. Fundado em 2010, o Grupo Ecotech está localizado em Valinhos, São Paulo.

Informações à Imprensa – Way Comunicações
Tel.: (11) 3862-1586, 3862-0483
Bete Faria Nicastro, Júnia Braga Chaves
bete@waycomunicacoes.com.br / junia@waycomunicacoes.com.br


Contech apresenta resultados reais no segmento de papéis para imprimir e escrever

Customização de soluções a partir das necessidades específicas dos clientes incrementa resultados em diversos indicadores do processo produtivo

A busca por melhor performance da máquina, menos desgaste dos equipamentos, aumento de produtividade, homogeneidade na qualidade do papel, redução do tempo das paradas, entre outros aspectos, é constante na rotina dos fabricantes de papel e celulose. Apresentando resultados reais desses indicadores, a Contech atua há 25 anos com presença global e instalações nas mais importantes produtoras mundiais de celulose e papel.

Líder no mercado de soluções químicas de alta performance e referência em sistemas de tecnologia aplicada no condicionamento de vestimentas, tendo no seu cerne a inovação e atenção à diferenciação de produtos e serviços, a Contech foca sua gestão em melhoria contínua e em investimentos para atender às necessidades dos clientes.

O uso de sua patente exclusiva, agregado às soluções oriundas do Centro de Pesquisa, Desenvolvimento e Tecnologia (CDT) e à experiente e qualificada equipe de engenharia, proporciona às aplicações a vantagem de oferecer ao cliente a perfeita solução, com constantes incrementos em processos e resultados finais.

Para manter e justificar sua crescente participação brasileira nos principais segmentos – 95% no mercado de papel para imprimir e escrever, 50% no de tissue e 40% no de embalagens, além da celulose –, a Contech aposta na customização de seus produtos, desenhados de acordo com a demanda de cada cliente (a partir do perfil do contaminante e da máquina).

Além disso, a presença de técnicos residentes nas fábricas, acompanhando passo a passo a performance das máquinas, e a aplicação de química especializada geram retornos mensuráveis em processo, qualidade e produtividade para os clientes. Esses fatores, somados às estratégias de expansão global da empresa e ao lançamento de produtos, permitem o contínuo crescimento em todos os mercados.

Com tudo isso, a Contech consegue apresentar cases reais, com soluções e resultados obtidos em ‘Process Information’ dos clientes*:

• aumento de teor de seco na saída da prensa e redução no consumo específico de vapor;

• redução na pressão do vapor;

• aumento de 7% na produtividade da máquina de papel;

• maior estabilidade nos desvios de gramatura e umidade;

• aumento da drenabilidade das prensas, incremento da produção e redução de tempo de limpeza dos feltros em diversos clientes.

 

Nota: *números reais obtidos em aplicações específicas, variando conforme o cliente.


Contech aperfeiçoa programa de tratamento para papel marron e tissue

Aplicação já reduziu 20% a quebra da folha na máquinas de papel por contaminantes de stickies e pitch

A Contech aperfeiçoou seu programa de tratamento em pitch e stickie para papel marron e tissue. Trata-se do desenvolvimento de um novo sistema de controle e acompanhamento completo do processo em boil-out, que gerencia o uso dos dispersantes e microfixantes, além do monitoramento com microscopia. O novo sistema foi pesquisado por quatro anos, aperfeiçoado em dois e tem tido bons resultados há cinco meses.

Em Manaus, por exemplo, a aplicação desse modelo reduziu de 15% a 20% a quebra da folha nas máquinas de papel por contaminantes de stickies e pitch. Fora isso, a impregnação destes contaminantes nos rolos guias caiu para zero e houve aumento de produção da máquina com picos que chegaram à marca dos 10%. O sistema é acompanhado apenas de forma on-line, sem necessidade de contato direto.

"Através da aplicação de tecnologias patenteadas, é a nossa parceria e prestação de serviço que nos faz entender as necessidades e propor a melhor solução para o melhor resultado", afirma o diretor de vendas da Contech, Jonathas Costa.

FONTE: Celulose Online - celuloseonline.com.br


Mercado de tissue indica expansão e Contech prevê crescimento de 11% para o ano

Luciano Silva, da Contech, falou sobre o tema em entrevista exclusiva

A Contech, empresa brasileira líder no mercado nacional em tratamento de vestimentas no segmento de papel e celulose, possui participação de 50% no mercado tissue. A empresa é conhecida por sua atuação no desenvolvimento de soluções de sistemas patenteados e customizados e para este mercado oferece serviços como tratamento de massa, amaciantes, antiespumantes, dispersantes orgânicos e inorganicos. Ao mesmo tempo, o mercado desse tipo de papel é o que mais cresce, sendo que a produção industrial em 2010 foi de 4,2% e no ano passado cresceu 7,2%. Em entrevista exclusiva, veja o que disse sobre o assunto o gerente comercial da empresa, Luciano Silva. 

Celulose Online - Quais os investimentos da Contech para os próximos anos? 

Luciano Silva - Neste primeiro semestre de 2013 já realizamos investimentos em todos os segmentos de papéis, Tissue, Embalagem (papel marrom) e papel branco. Especificamente em Tissue, realizamos, no 1º semestre, investimentos significativos em grandes clientes como Grupo CMPC, Santher e Kimberly Clark assim como alguns clientes de menor porte, principalmente no eixo Sudeste/Nordeste. Igualmente para o 2º semestre de 2013 temos em andamento vários projetos no Brasil, Chile, México, Peru e Colômbia. Para os próximos anos estamos projetando grandes investimentos com o intuito de acompanhar o crescimento do mercado Tissue que tem a previsão de novas máquinas de porte médio e grande para o Brasil e América Latina.

Celulose Online - A Contech tem previsão de adicionar novos polos produtores? 

Luciano Silva - Efetivamente o mercado Tissue está indicando uma expansão para novos polos produtores fora do eixo São Paulo/Paraná e Santa Catarina. Temos o exemplo da cidade Fluminense de Santo Antônio de Pádua que em um curto espaço de tempo atraiu novos fabricantes de Tissue e desponta como um novo centro papeleiro na área Tissue. Acompanhando esta tendência a Contech esta ampliando sua rede de assistência técnica e suporte operacional, contribuindo para o crescimento destes novos mercados produtores.

Celulose Online - Qual a expectativa para o mercado Tissue nos próximos anos? 

Luciano Silva - Com uma melhor estabilidade econômica, avanços tecnológicos, incentivos governamentais e principalmente a possível entrada de empresas internacionais no mercado de fabricação de papéis Tissue, estamos nos preparando para um crescimento significativo tanto em volume de produção/clientes como incremento de nossa linha de produtos e desenvolvimento de novos produtos e tecnologia a oferecer a nossos clientes, sejam eles clientes ativos ou novos clientes. A Contech tem crescimento previsto em 11% para o ano. 

Celulose Online – O que fez a produção de tissue aumentar 7,2% em 2012? 

Luciano Silva - Sem dúvida que as novas máquinas de produção que entraram em funcionamento em 2012 estão diretamente relacionadas com este aumento, porém, a estabilidade econômica e o aumento do poder de compra dos consumidores estão impulsionando o aumento de consumo de itens Tissue (papel higiênico, toalha e guardanapo), juntos estes fatores influenciaram significativamente este índice. Vale ressaltar o grande crescimento deste mercado nas regiões Nordeste e Norte do Brasil.

Celulose Online - O que fez com que metade da participação da Contech no mercado fosse direcionada para o tissue?

Luciano Silva - Nossa especialidade e conhecimento técnico foram fundamentais na conquista significativa desta fatia de mercado, possuímos uma tecnologia patenteada no tratamento das vestimentas (tela e feltro), utilizando alta pressão, alta temperatura e produtos químicos biodegradáveis. Este diferencial nos torna mais eficiente na questão de limpeza e condicionamento destas vestimentas, atingindo resultados muito significativos quanto a diminuição de paradas de máquinas para limpeza, consumos energéticos, qualidade de produto final e principalmente estabilidade de máquina durante a produção. Outro ponto fundamental é a preparação de nosso corpo técnico para realizar um atendimento ao cliente de forma eficiente, buscando sempre soluções técnicas e o compromisso com os resultados.

Celulose Online - Em termos sustentáveis, o que a Contech espera do mercado tissue? 

Luciano Silva - O mercado brasileiro de Tissue é bastante especializado e detém grande expertise no consumo/produção de papel reciclado. Grandes, médias e pequenas empresas possuem linhas de fabricação e produtos finais exclusivos de fabricação com matéria-prima reciclada, isto coloca o mercado brasileiro em uma posição de destaque na relação recuperação/utilização de papéis reciclados. Avaliando este cenário, a Contech esta sempre na busca de novos produtos e tecnologias especificas para o mercado de papeis reciclados. Nosso Centro de Pesquisa, Desenvolvimento & Tecnologia (CDT) localizado em Valinhos-SP está em constante busca de novos produtos direcionados ao tratamento dos contaminantes normalmente existentes no processo de fabricação de papel a partir de papel reciclado (aparas). Estes tratamentos específicos visam combater os “STICKIES”, contaminantes que implicam diretamente na estabilidade da produção, produtividade e qualidade do papel final.

Irving Malaguti – Portal Celulose Online


Navios do Rio Grande sofrem com bioinvasão de espécies invasoras

Grupo especializado está sendo buscando alternativas para solucionar problema



9/06/2013
Grupo especializado na área de C&P e com negócios voltados para soluções tecnológicas para o meio mbiente visitou integrantes do Porto de Rio Grande, entre eles o Prefeito Alexandre Lindenmeyer, para discutir a água de lastro. O problema causado por espécies invasoras e exóticas contidas na água transportada nos tanques dos navios é alvo de grande preocupação.

Segundo a Ecotech, que está desenvolvendo uma solução para o caso, ações estão sendo tomadas em diferentes instâncias com o objetivo de eliminar os organismos presentes, sem alterar a qualidade da água, empregando processos físicos, químicos ou biológicos ou via estação de tratamento móvel.

Fonte: Jornal Agora / Adaptado por CeluloseOnline


Contech patrocina Seminário de Tissue da ABTCP

Evento acontece no dia 15 de maio no SENAI Theobaldo De Nigris, em São Paulo, e contará com palestra ministrada pela Contech

A Contech, empresa do Grupo Ecotech que é líder nacional no segmento de tratamentos de vestimentas em papel e celulose, patrocinará o "Seminário de Tissue”, que será realizado pela Associação Brasileira Técnica de Celulose e Papel (ABTCP), no dia 15 de maio, nas dependências doSENAI Theobaldo De Nigris – Rua Bresser, 2315 – Mooca, em São Paulo.

O Seminário tem por objetivo demostrar as melhores práticas e as novas tecnologias aplicadas na fabricação de Papel Tissue e é destinado aos gerentes, supervisores, coordenadores, colaboradoresda cadeira produtiva de Tissue.

O evento contará com uma palestra do gerente de Vendas Nacionais da Contech, José Sasso, que abordará o tema "Contaminantes do Processo Tissue – Fibra Virgem e Reciclada”

Sobre a Contech

Empresa 100% nacional, líder de mercado no segmento de tratamento de vestimentas de papel e celulose, a Contech é conhecida por sua atuação no desenvolvimento de soluções de sistemas patenteados e customizados, que são aplicadas em todo segmento, incluindo papeis de imprimir e escrever, papéis tissue, papeis para embalagens, papeis especiais, e na fabricação de celulose.

A Contech faz parte do Grupo Ecotech, que engloba negócios relacionados à produção de soluções químicas tecnológicas, fabricação de sistemas mecânicos, consultoria e tratamento ambiental. Fundado em 2010, o Grupo Ecotech está localizado em Valinhos, São Paulo.

Serviço:

Seminário de Tissue ABTCP


Data:15 de maio de 2014

Horário:08h00 às 18h00

Local:SENAI Theobaldo De Nigris

Endereço:Rua Bresser, 2315 – Mooca, em São Paulo

Informações e inscrições:eventostecnicos@abtcp.org.br| (11) 3874-2715


Grupo Ecotech incrementa departamento de marketing com nova contratação

Novo cargo de coordenador de marketing do grupo é ocupado por publicitário egresso de multinacional

O Grupo Ecotech anuncia a criação de um novo cargo e o mais novo contratado da empresa, o publicitário Maurício Cruz Gontijo, pós-graduado em Administração de Empresas pela EAESP/FGV e com MBA em Gestão e Marketing pela Trevisan Escola de Negócios. O profissional tem larga experiência internacional, o que vem a coadunar com as expansões de negócios globais do Grupo.

Gontijo teve sua carreira desenvolvida nas áreas de marketing e planejamento estratégico em empresas nacionais e internacionais, industriais e de varejo, e agência de propaganda e consultorias de gestão, tendo atuado nos segmentos de papel e celulose, automotivo e bens de consumo.

No Grupo Ecotech, seus objetivos são contribuir para o plano de marketing corporativo anual conforme o planejamento estratégico; acompanhar o desempenho da área de marketing e coordenar a execução do plano de ação e as atividades da equipe do planejamento operacional e os resultados obtidos.

Além disso, Gontijo vai atuar juntamente com os departamentos comercial e recursos humanos no planejamento e implementação de ações comerciais, programas de incentivo, planejamento da comunicação e programas correlatos a esses, dependendo das ações propostas e os caminhos estratégicos do negócio. A coordenação de feiras e eventos também estará sob seu comando.

Sobre o Grupo Ecotech

O grupo brasileiro Ecotech é composto por três empresas, congregando os negócios da Contech na área de Papel & Celulose, que deu origem ao Grupo e há mais de 20 anos tem importante presença no mercado de especialidades químicas, e das empresas Tratch e Tratch-Mundi, que são voltadas para os negócios de soluções tecnológicas para Meio Ambiente. O Grupo ainda opera com algumas empresas aliadas estratégicas, destacando-se a DPR para a engenharia exclusiva das aplicações químicas das soluções tecnológicas.


Contech e Tratch presenteiam seus colaboradores com kit’s de chocolate para Páscoa

- Kit’s contêm cinco barras de diferentes tipos de chocolate e uma receita;
- Mais de 500 barras de chocolate serão entregues para os colaboradores

A Contech e a Tratch, empresas de especialidades químicas que atuam nos segmentos de papel & celulose e meio ambiente do Grupo Ecotech, entregaram mais de 500 barras de chocolate para seus funcionários em razão da Páscoa. Cada colaborador recebeu um kit que contem cinco barras de diferentes tipos de chocolate e também uma receita que tem como objetivo promover a união familiar por meio da experiência culinária.

Sobre o Grupo Ecotech

O Grupo brasileiro Ecotech é composto por três empresas, congregando os negócios da Contech na área de Papel & Celulose, que deu origem ao Grupo e há mais de 20 anos tem importante presença no mercado de especialidades químicas, e das empresas Tratch e Tratch-Mundi, que são voltadas para os negócios de soluções tecnológicas para Meio Ambiente. O Grupo ainda opera com algumas empresas aliadas estratégicas, destacando-se a DPR para a engenharia exclusiva das aplicações químicas das soluções tecnológicas.

Informações à Imprensa | Way Comunicações
11 3862 1586 / 3862-6519
Bete Faria Nicastro e Júnia Braga Chaves
bete@waycomunicacoes.com.br / junia@waycomunicacoes.com.br


Contech apresenta participação de 50% no mercado tissue

A Contech, empresa brasileira líder no mercado nacional em tratamento de vestimentas no segmento de papel e celulose, hoje possui participação de 50% no mercado tissue com seu portfólio de serviços diferenciados e tecnologia patenteada. Dentre seus clientes, estão presentes empresas de pequeno, médio e grande porte.

Dentro do setor de papel, o mercado tissue é o que mais se expande: o crescimento da produção industrial em 2010 foi de 4,2%; em 2011, de 6,2% e em 2012, a produção cresceu 7,2%. Um dos fatores relacionados a essa expansão é o fato desse mercado lidar, em grande parte, diretamente com o consumidor final – muitas fabricantes de papel tissue também são distribuidoras e possuem suas próprias marcas.

A considerável participação no mercado atribuída à Contech, segundo o Gerente de Vendas da empresa, Luciano Viana, tem base nos diferenciais dos serviços da empresa. “Para o tratamento de vestimentas, a Contech oferece uma solução patenteada de alta tecnologia com vantagens técnicas por ser realizada em alta temperatura, alta pressão e utilizando produtos biodegradáveis, apresentando alta performance e contando com equipamentos compactos com alto grau de automatização”, explica. Além disso, a empresa disponibiliza assistentes técnicos em todo território nacional e América Latina.

Alguns benefícios apontados no tratamento de vestimentas da Contech são: maior eficácia no condicionamento das vestimentas com a remoção de contaminantes seja provenientes da celulose ou fibras recicladas; diminuição e posterior eliminação de paradas de máquinas para limpeza das vestimentas; ganho de produtividade e ganhos energéticos em função da recuperação das características de prensabilidade dos feltros; aumento da vida útil da vestimenta; qualidade do produto final; além da diminuição do uso de substâncias nocivas proporcionando uma melhor segurança e condições melhores no ambiente do colaborador.

Para o mercado tissue, a Contech ainda oferece serviços personalizados em tratamento de massa (contaminantes como pitch e stickies), amaciantes, antiespumantes, dispersantes orgânicos e inorgânicos dentre outros.

Fonte: AI Contech


Contech apresenta case de sucesso sobre inovação no CIESP – Campinas

A Contech, importante player na indústria química e líder no segmento de tratamento de vestimentas para papel e celulose, apresentará no Ciesp - Centro das Indústrias do Estado de São Paulo - um case de sucesso da empresa fruto do Curso de Inovação Incremental explanado por colaboradores da Contech na instituição paulista. A coordenadora do Centro de Desenvolvimento, Pesquisa e Tecnologia da empresa Carla Verissimo, fará a apresentação que acontecerá no dia 21 de fevereiro, às 18h30, no Ciesp - Campinas.

Leia a matéria na íntegra aqui


Contech: importante player no segmento de papel e celulose em constante expansão e consolidação em tecnologia

Líder de mercado em condicionamento de vestimentas no segmento de papel e celulose, a Contech, empresa de especialidades químicas, se consolida como referência de qualidade e tecnologia, pois é sustentada por pilares estratégicos voltados à essência de inovação, sustentabilidade e P&D – pesquisa e desenvolvimento.

Leia a matéria na íntegra aqui


Contech patrocina a tradicional e conceituada Festa do Figo de Valinhos

Empresa do Grupo Ecotech apoia festa que, há 64 anos, consolida-se como o evento turístico mais importante do município
Dos dias 19 de janeiro a 03 de fevereiro de 2013, acontecerá um dos maiores eventos agrícolas do Estado e o evento turístico de maior importância para Valinhos, a 64ª Festa do Figo. Dentre os patrocinadores dessa edição está a Contech, empresa do Grupo Ecotech que atua na área de controle de contaminantes e aditivos de processos para o setor de papel e celulose. Por meio deste apoio a empresa, que há mais de três anos patrocina o evento, busca incentivar a realização desta importante festa.
Apesar de ser um dos líderes nacionais no mercado onde atua, e de possuir reconhecimento internacional, a Contech, que é uma das 15 maiores indústrias de Valinhos, valoriza suas origens regionais e procura sempre manter um bom relacionamento com a comunidade, colaborando com seu desenvolvimento.
Além disso, a empresa preza, também, pelo compromisso de estimular o pensamento inovador de seus funcionários em prol da comunidade. “Nós possuímos um pilar estratégico em pesquisa e desenvolvimento para gerar mais riqueza e visibilidade para a cidade”, afirma a Analista de Marketing da Contech, Camila Regina da Silva.
A 64ª Festa do Figo acontecerá de terça a sexta, das 18h às 23h, e aos sábados, domingos e feriados a partir das 9h, no Parque Municipal Monsenhor Bruno Nardini, localizado na Rua Dom João VI, nº 82, Jardim Planalto - Valinhos/SP. Dentre as atrações da festa estão shows de bandas musicais, como Inimigos da HP e CPM 22; parque de diversões, com brinquedos de última geração; agroturismo; Museu da Imigração; exposição, leilão e venda de frutas, e muito mais.

Sobre a Contech

Líder de mercado no segmento de papel e celulose, é conhecida por sua atuação no desenvolvimento de soluções de sistemas patenteados e customizados. As soluções Contech podem ser aplicadas na fabricação de papel, na preparação de massa no processo papeleiro e na fabricação de celulose.
A Contech faz parte do Grupo Ecotech, que engloba negócios relacionados à produção de produtos químicos, sistemas mecânicos, consultoria e tratamento ambiental. Fundado em 2010, o Grupo Ecotech está localizado em Valinhos, São Paulo.

Informações à Imprensa – Way Comunicações

Tel.: (11) 3862-1586, 3862-0483
Bete Faria Nicastro, Stéfanie Rigamonti, Júnia Braga Chaves
bete@waycomunicacoes.com.br / stefanie@waycomunicacoes.com.br / junia@waycomunicacoes.com.br


Com sua química sustentável, Contech é capa da Revista Engenhar (ANPEI).

Centro de P,D&I do Grupo Ecotech licencia patentes da Unicamp e gera novos produtos e negócios para diversos setores

A Contech, empresa de especialidades químicas do Grupo Ecotech, é um exemplo bem sucedido de interação entre setor privado e universidade. Um de seus principais produtos, o DEPT, nasceu de uma dissertação de mestrado apresentada no Instituto de Química da UNiversidade Estadual de Campinas (Unicamp), tecnologia patenteada pela instituição e licenciada pela empresa. O DEPT é um material nanotecnológico, aplicado no tratamento de efluentes. Leia a matéria na íntegra aqui.


Confraternização de fim de ano do Grupo Ecotech tem mote positivo

O final de ano esta chegando e tradicionalmente as empresas do Grupo Ecotech (Contech, Tratch e Tratch Mundi) em parceria com a DPR se encontraram para comemorar.

No dia 7 de dezembro, o Grupo Ecotech, que abrange as empresas Contech, Tratch e Tratch Mundi, realizou uma grande festa de confraternização de fim de ano. O evento ocorreu em um clube de Valinhos, o CEFOL (Clube do Sindicato dos Químicos), e teve duração de 8 horas.

Os mais de 100 colaboradores tiveram a oportunidade de trocar um dia de trabalho por um dia em “NOSSA PRAIA”, mote desenvolvido para integrar as pessoas em um ambiente descontraído que atende a todos os gostos, churrasco, SPA, piscina, praia artificial, jogos, futebol & vôlei, pesca, sauna, DJ e banda, e ainda a distribuição de prêmios, resultado de um duro trabalho desenvolvido durante o ano e que atribui aos resultados dos esforços coletivos capazes de fechar o ano em um balanço positivo apesar da crise que atingiu o setor durante o ano de 2012.

Muito mais que um evento festivo de finalização de ano, o evento marca o início de um novo ano que promete ao Grupo uma nova fase contando com as alianças de seus colaboradores, parceiros e clientes, além de novidades tecnológicas que serão lançadas ao mercado com o propósito de sua grande razão de existir: inovar!


Contech esteve presente na ABTCP 2012

A Contech, líder de mercado em tratamento de vestimentas no segmento de papel e celulose, marcou presença na ABTCP 2012 – 45º Congresso e Exposição Internacional de Celulose e Papel, o maior encontro de fornecedores nacionais e internacionais para o setor de celulose e papel. O evento ocorreu de 9 a 11 de outubro, no Transamerica Expo Center, na cidade de São Paulo.

Na feira, o stand da Contech – que ganhou elogios dos visitantes pela beleza e design, estava localizado na esquina das ruas 6 e F e recebeu diversos clientes, parceiros e colegas do setor que prestigiaram a empresa, além de proporcionar a prospecção de novos negócios com a apresentação de seu portfólio de produtos, serviços e cases de sucesso. A feira também gerou exposição da marca, o que auxilia a promover relacionamentos, além da oportunidade de novas parcerias no futuro.

A empresa, que atua na área de controle de contaminantes e aditivos de processos para esse segmento, é conhecida pelo desenvolvimento de soluções de sistemas patenteados e customizados que podem ser aplicadas na fabricação de papel, na preparação de massa no processo papeleiro e na fabricação de celulose.

“Essencialmente, somos uma empresa de especialidades químicas e atendemos clientes sob demanda”, afirma a coordenadora do Centro de Centro de Pesquisa, Desenvolvimento & Tecnologia – CDT, Carla Veríssimo. Segundo Veríssimo, a empresa desenvolve um estudo durante as etapas de preparação para o projeto de aplicação de químicos e equipamentos de acordo com a especificidade de cada cliente, além de desenvolver e disponibilizar produtos de alto valor agregado, sistema patenteado e serviço, mantendo nos clientes um colaborador técnico especialista para aplicação e manutenção das soluções.

Dentre os recursos que a Contech oferece, podem-se destacar as soluções para a fabricação de papel e celulose, apresentando intervenções com sucesso em controles químicos de pitch e stickie – que são depósitos que podem comprometer a qualidade da folha, e até mesmo sua quebra, além de interrupções na produção. As soluções utilizadas pela empresa nesse sentido combatem o problema tanto na sua causa quanto nos seus efeitos, a saber, “tratamento de vestimentas”, o que envolve, basicamente, sua limpeza e condicionamento por meio de processos químicos; “tratamento da massa”, por meio da aplicação de soluções customizadas para dispersar esses materiais, estabilizando o sistema coloidal dessas partículas e evitando a sua reaglomeração; e outras estratégias complementares de controle que abrangem estratégias enzimáticas e o uso de sólidos inorgânicos.

Além disso, a Contech conta com toda gama necessária para a fabricação papeleira: antiespumantes; boil-out; coating na tela; limpeza de tela secadora; limpeza de capotas e estrutura; limpeza de feltros em choque; coating em feltros úmidos; coating em telas formadoras; limpeza contínua e condicionamento mecânico de vestimentas; proteção de rolos e caixas; controle de contaminantes; sejam de matéria-prima virgem ou materiais reciclados; controle de depósitos; preparação de massa; tratamento microbiológico; remoção de látex; soluções exclusivas para tissue; e as principais soluções para celulose: auxiliar de cozimento; auxiliar de repolpação; boil-out; branqueamento; auxiliar de drenagem da lama de cal; anti-incrustantes; quelantes e lavagem de polpa marrom.

A empresa, 100% nacional e no mercado há 23 anos, está presente em todas as grandes empresas do setor de papel e celulose. E, segundo Veríssimo, essa liderança veio de investimentos bem dirigidos. “Parte do faturamento é oriundo de novos produtos e tecnologias diferenciadas e renovadas ao longo dos anos, o que permitiu à empresa liderança no setor, com representatividade de mais de 50% em diversos segmentos na área de papel e celulose”, explica.

Para o futuro, os projetos estão concentrados na área de inovação em produtos e sua aplicação, com investimento em pesquisa e desenvolvimento nos próximos dois anos. Além disso, a Contech reforça seu compromisso em desenvolver soluções rápidas e de baixo custo, com tecnologia de resultados já comprovados, e que contribuem com a sustentabilidade no país. 


Contech em apresentação sobre nanotecnologia do Senai na Bienal do Livro

A fim de disseminar o conceito de nanotecnologia para o público, o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai-SP) teve a iniciativa de desenvolver escolas móveis de nanotecnologia. Duas unidades estão sendo apresentadas durante a 22ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo, que ocorre de 9 a 19/08, em São Paulo; e ambas as escolas contêm uma amostra do DEPT®, um exclusivo material nanotecnológico para fins de remediação ambiental e desenvolvido pela empresa nacional Contech, companhia de especialidades químicas.

Capaz de eliminar 95% da coloração da água, superando a performance de outros recursos de remediação, o DEPT® é um material sólido, em forma de pó branco, com elevada capacidade de sorção, para aplicação em remediação ambiental de matrizes aquosas, tais como efluentes industriais, água bruta e tratada, e água subterrânea.

O produto é constituído de nanopartículas de argila sintética, desenvolvida a partir da argila mineral, nanoestruturada com propriedades específicas. O tamanho diminuído das partículas, por volta de 100 nanômetros, aumenta a superfície de absorção, a área ativa do produto com o efluente e, conseguintemente, a sua capacidade de remediação. Por ser de origem sintética, o produto também pode ser desenvolvido de acordo com a necessidade de sua aplicação, além de ter o benefício de poder ser reutilizado até sete vezes antes de perder as propriedades.

Segundo Washington Yamaga, diretor executivo do Grupo Ecotech – que tem licença de exclusividade dessa argila sintética em particular e com uma classe de derivados no Brasil –, o DEPT® vai além de um pó sintético com propriedades de sorção, ele é um nanoecomaterial. “É uma plataforma tecnológica, pois é um material que pode ter suas características alteradas ao mexermos na sua síntese e, com isso, podemos aplicá-lo como solução ambiental em diferentes mecanismos e também em um grande número de indústrias, de diferentes setores”. E isso é possível graças à nanotecnologia.

Para Carla Veríssimo, pesquisadora chefe do Centro de Pesquisa, Desenvolvimento & Tecnologia da Contech, a nanotecnologia é uma ciência que não tem mais volta e que deve ser amplamente explorada. “A nanotecnologia traz novas propriedades. Ela promove uma sinergia entre materiais diferentes, não somente melhora, mas mudança de propriedades de um determinado produto”, explica.

As Escolas Móveis de Nanotecnologia do Senai-SP – unidades equipadas com o que há de mais novo em equipamentos de alta tecnologia – têm como objetivo disseminar os conceitos de nanotecnologia, além de oferecer capacitação profissional e informação tecnológica a alunos dos ensinos fundamental, médio, técnico e tecnólogo (superior). As escolas promoverão demonstrações e experiências de aplicações práticas de nanociência e nanotecnologia. As duas unidades são as primeiras do Brasil e o projeto de atuação na área contempla um total de cinco. Todas conterão amostras do DEPT®.

Serviço

Apresentação das duas Escolas Móveis de Nanotecnologia do Senai-SP
Local: Espaço Arena – Pavilhão de Exposições do Anhembi – RUA “D”
Endereço: Av. Olavo Fontoura, 1209 – Santana, Capital
Data: de 09 a 19 de agosto de 2012

Fonte(http://www.brasilfashionnews.com.br)


Contech apresenta material nanotecnológico DEPT® ao público

A fim de disseminar o conceito de nanotecnologia para o público, o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai-SP) teve a iniciativa de desenvolver escolas móveis de nanotecnologia. Duas unidades serão apresentadas durante a 22ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo, que ocorre de 9 a 19/08, em São Paulo; e ambas as escolas conterão uma amostra do DEPT®, um material nanotecnológico para fins de remediação ambiental e desenvolvido pela empresa nacional, Contech, companhia de especialidades químicas.

O DEPT® é um material sólido, em forma de pó branco, com elevada capacidade de sorção, para aplicação em remediação ambiental de matrizes aquosas, tais como efluentes industriais, água bruta e tratada, e água subterrânea. O pó é capaz de eliminar 95% da coloração da água, superando a performance de outros recursos de remediação.

O produto é constituído de nanopartículas de argila sintética, desenvolvida a partir da argila mineral, nanoestruturada com propriedades específicas. O tamanho diminuído das partículas, por volta de 100 nanômetros, aumenta a superfície de absorção, a área ativa do produto com o efluente e, conseguintemente, a sua capacidade de remediação. Por ser de origem sintética, o produto também pode ser desenvolvido de acordo com a necessidade de sua aplicação, além de ter o benefício de poder ser reutilizado até sete vezes antes de perder as propriedades.

Segundo Washington Yamaga, diretor executivo do Grupo Ecotech – que tem licença de exclusividade dessa argila sintética em particular e com uma classe de derivados no Brasil –, o DEPT® vai além de um pó sintético com propriedades de sorção, ele é um nanoecomaterial. “É uma plataforma tecnológica, pois é um material que pode ter suas características alteradas ao mexermos na sua síntese e, com isso, podemos aplicá-lo como solução ambiental em diferentes mecanismos e também em um grande número de indústrias, de diferentes setores”. E isso é possível graças à nanotecnologia.

Para Carla Veríssimo, pesquisadora chefe do Centro de Pesquisa, Desenvolvimento & Tecnologia da Contech, a nanotecnologia é uma ciência que não tem mais volta e que deve ser amplamente explorada. “A nanotecnologia traz novas propriedades. Ela promove uma sinergia entre materiais diferentes, não somente melhora, mas mudança de propriedades de um determinado produto”, explica.

As Escolas Móveis de Nanotecnologia do Senai-SP – unidades equipadas com o que há de mais novo em equipamentos de alta tecnologia – têm como objetivo disseminar os conceitos de nanotecnologia, além de oferecer capacitação profissional e informação tecnológica a alunos dos ensinos fundamental, médio, técnico e tecnólogo (superior). As escolas promoverão demonstrações e experiências de aplicações práticas de nanociência e nanotecnologia. As duas unidades são as primeiras do Brasil e o projeto de atuação na área contempla um total de cinco. Todas conterão amostras do DEPT®. Serviço

Apresentação das duas Escolas Móveis de Nanotecnologia do Senai-SP
Local: Espaço Arena – Pavilhão de Exposições do Anhembi
Endereço: Av. Olavo Fontoura, 1209 – Santana, Capital
Data: de 09 a 19 de agosto de 2012

Fontes

(http://refrescante.com.br/contech-apresenta-material-nanotecnologico-dept-ao-publico.html)
e
(http://www.maxpressnet.com.br/Conteudo/1,520132,Contech_apresenta_material_nanotecnologico_DEPT_ao_publico_,520132,2.htm)


Contech incentiva práticas inovadoras de funcionários.

A Contech, empresa do Grupo Ecotech que atua na área de controle de contaminantes e aditivos de processos para o setor de papel e celulose, criou um programa de incentivo aos funcionários da empresa, o “Boas Ideias Contech (BIC)”, que premiará o melhor projeto de inovação de 2012. A ação faz parte do planejamento estratégico de gerar uma cultura de práticas inovadoras, como processo natural, entre os colaboradores.

O projeto nasceu de um anterior, aplicado em 2011, o “Você é Capaz de Inovar”. O programa foi desenvolvido pelos membros do Comitê de Inovação, composto por representantes das áreas de marketing, comercial, pesquisa e desenvolvimento, e aprovado pela alta gestão da corporação, que sugeriu e contratou uma consultoria externa especialista em inovação para compor o comitê.

Leia a matéria na íntegra aqui.


Tecnologia ganha aplicações

Nos últimos anos, investimentos feitos em nanociência e nanotecnologia pelos governos de países desenvolvidos e por grandes multinacionais foram vultosos. A despeito da desconfiança dos defensores do meio ambiente e do incipiente desenvolvimento de regras para o uso correto da técnica, hoje há importante avanço na procura por produtos resultantes da pesquisa e desenvolvimento feitos com essa tecnologia.

São vários os produtos finais que incorporam as minúsculas partículas, feitos por empresas dos mais diversos segmentos econômicos do mundo. Podemos citar, entre outros usuários, as indústrias de tintas, plásticos, tecidos, farmacêuticas e de cosméticos. Estima-se que em 2015 esse mercado deverá movimentar US$ 3,1 trilhões por ano.

Leia a matéria na íntegra aqui.


Contech apoia prova de pedestre em Valinhos

A Contech foi um dos parceiros que ajudaram a realizar a 31º Prova Pedestre da cidade de Valinhos. Além do sorteio de diversos brindes, os participantes da prova também contaram com premiações para os destaques que percorreram os 6,5 km propostos.

Realizada no Centro de Lazer do Trabalhador (CLT), no dia 27 de maio de 2012, a prova fez parte da comemoração de 116 anos de Valinhos.

Veja mais detalhes aqui


Contech abriu as portas para o SIPAT 2012

Gincanas, palestras e sorteios fizeram parte da agenda do evento deste ano

A Contech, que atua na área de controle de contaminantes e aditivos de processos para o setor de papel e celulose, recebeu, dos dias 16 a 20 de abril, a IX Semana Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho (SIPAT). A edição desse evento, que ocorre anualmente, teve como título Segurança no Trabalho e Qualidade de Vida.

Com o objetivo de integrar os funcionários e discutir temas obrigatórios, como a Segurança no Trabalho e Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST), a SIPAT ainda promoveu a abordagem de outros assuntos relevantes, como a inovação, motivação e o relacionamento interpessoal no ambiente de trabalho.

Além de interligar os colaboradores e departamentos da empresa, e promover a discussão e treinamento a respeito desses temas, o evento ainda contribui para o alcance do nível zero de acidentes no trabalho.

            Fizeram parte da agenda da SIPAT 2012 da Contech, palestras, gincana, sorteios, teatro e várias outras atividades.

A Gincana SIPAT, formada por quatro grupos de funcionários, consistiu na execução de duas tarefas. Na primeira, cada equipe recebeu um envelope contendo uma história clássica infantil. Com isso, eles tiveram que montar um teatro de 20 minutos, recriando a história infantil sorteada e inserindo o tema do evento, Segurança no Trabalho e Qualidade de Vida.

A segunda atividade da gincana foi uma Ação Social. Nela, os colaboradores de cada grupo tiveram que arrecadar itens de higiene pessoal, destinados ao Recanto dos Velhinhos de Valinhos, entidade filantrópica inaugurada em 1973 que atende, hoje, 50 idosos.

A equipe que acumulou mais pontos nessa tarefa, juntamente com a pontuação da primeira, foi a vencedora da gincana e, como prêmio, acompanhará a comissão organizadora da SIPAT na entrega das doações ao Recanto, tendo, assim, a oportunidade de levar alegria aos idosos da casa.

No último dia da SIPAT, os colaboradores, além de apresentarem seus teatros, receberam premiações, participaram de sorteios e de um Almoço Especial.

O evento foi organizado pela equipe de Marketing e Recursos Humanos da empresa, e pelo presidente da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA), Rafael Giacon.

Sobre a Contech

Líder de mercado no segmento de papel e celulose, é conhecida por sua atuação no desenvolvimento de soluções de sistemas patenteados e customizados. As soluções Contech podem ser aplicadas na fabricação de papel, na preparação de massa no processo papeleiro e na fabricação de celulose.

A Contech faz parte do Grupo Ecotech, que engloba negócios relacionados a produção de produtos químicos, sistemas mecânicos, consultoria e tratamento ambiental. Fundado em 2010, o Grupo Ecotech está localizado em Valinhos, São Paulo.

Informações à Imprensa – Way Comunicações
Tel.: (11) 3862-1586, 3862-0483
Bete Faria Nicastro, Renata Castro Bardelli e Stéfanie Rigamonti
bete@waycomunicacoes.com.br / renata.way@terra.com.br / stefanie.way@terra.com.br


Contech realiza o plantio de 200 árvores em Valinhos

Focada na sustentabilidade e na preocupação ambiental, empresa tem satisfação em cumprir medida compensatória

Nos dias 13 e 14 de abril, a Contech, empresa referência em tecnologia aplicada na área de papel e celulose, pertencente ao Grupo Ecotech, fez o reflorestamento de 200 mudas de árvores nativas, cumprindo com a medida compensatória decorrente da autorização para supressão de árvores nativas em virtude da execução de uma obra fora de Área de Preservação, conforme o Termo de Compromisso de Compensação Ambiental – TCCA nº 022/10 do processo nº 3536/2010.

O plantio foi realizado em uma Área de Preservação Permanente no Clube de Campo Vale Verde, em Valinhos. A seleção das espécies plantadas foi baseada na Resolução nº 8, de 31 de janeiro de 2008, da Secretaria do Meio Ambiente em conformidade com a exigência técnica de Recuperação Ambiental do TCCA.

E para garantir o sucesso do restauro florestal, a empresa continuará monitorando o plantio, por meio de visitas mensais e ações que visam a conservação do bom andamento do projeto e crescimento das mudas de acordo com o padrão.

As áreas de preservação permanente são protegidas por lei, e têm grande importância ecológica para a preservação dos recursos hídricos, da paisagem, para a estabilidade geológica, a biodiversidade, o fluxo gênico de fauna e flora, para a proteção do solo e para o bem estar das populações humanas.

No caso da área onde foi feito o plantio, uma lagoa em processo de assoreamento está sendo preservada. As principais causas do assoreamento estão relacionadas aos desmatamentos, tanto das matas ciliares quanto das demais coberturas vegetais que, naturalmente, protegem os solos. A exposição desses terrenos para práticas agrícolas, exploração agropecuária, mineração ou para ocupações urbanas, em geral acompanhadas de movimentação de terra e da impermeabilização do solo, abrem caminho para os processos erosivos e para o transporte de materiais orgânicos e inorgânicos, que são drenados até o depósito final nos leitos dos cursos d’água e dos lagos.

Sobre a Contech

Líder de mercado no segmento de papel e celulose, é conhecida por sua atuação no desenvolvimento de soluções de sistemas patenteados e customizados. As soluções Contech podem ser aplicadas na fabricação de papel, na preparação de massa no processo papeleiro e na fabricação de celulose. A Contech faz parte do Grupo Ecotech, que engloba negócios relacionados a produção de produtos químicos, sistemas mecânicos, consultoria e tratamento ambiental. Fundado em 2010, o Grupo Ecotech está localizado em Valinhos, São Paulo.
 


Nanotech – Conference and Expo 2011

Pesquisadora Chefe do Centro de Desenvolvimento, Pesquisa e Tecnologia (CDT) da ECOTECH participou da maior conferência de nanotecnologia realizada nos Estados Unidos, a ‘Nanotech  – Conference and Expo 2011’, que aconteceu em junho de 2011 na cidade de Boston. Tal conferência tem como característica reunir em um único evento informações técnicas e científicas de fronteira com a área comercial da nanotecnologia.


Destaques do Relatório INOVA – UNICAMP 2010

A premiação na categoria ‘Inventor com Tecnologia Absorvida pelo Mercado’, foi destaque na publicação lançada pela INOVA, Agência de Inovação da Unicamp. A tecnologia denominada FENTOX foi licenciada por uma das empresas do Grupo ECOTECH, com a finalização do projeto em esforço conjunto empresa-universidade. Hoje, o produto FENTOX é comercializado pelas empresas TRATCH e TRATCH-MUNDI, do Grupo ECOTECH.


Direção do Grupo ECOTECH participa da 12ª Edição do Congresso Internacional de Tintas e Exposição de Fornecedores da Indústria

As soluções para as futuras demandas da cadeia de tintas tiveram destaque, com apresentação e discussão dos caminhos e as tendências, em termos de matérias-primas, produtos, processos, tecnologias, aplicações, impactos ambientais e muitos outros aspectos.

A  edição 2011 foi marcada pelo otimismo em relação às perspectivas que se abrem para o Brasil e a busca por soluções cada vez mais inovadoras e sustentáveis.

Foi a maior e melhor edição da exposição já realizada, com 220 estandes e uma ampla participação estrangeira. Foram apresentados milhares de projetos em desenvolvimentos ou produtos em fase de lançamento, que confirmaram a tendência do setor para inovar.

No congresso, os principais especialistas internacionais compartilharam com o público seus mais recentes estudos, permitindo conhecer o futuro do ramo de tintas. Com inovação e a sustentabilidade como âncoras, a programação foi marcada pela alta qualidade dos trabalhos, focados nos mais diversos aspectos relacionados ao setor.


Contech Produtos Biodegradáveis confirma participação na principal feira do setor de papel e celulose em 2012

A ABTCP 2012 é a mais importante feira no setor de celulose e apresenta o cenário mundial e tendências que irão nortear o segmento pelos próximos anos. O evento reúne as principais empresas do setor, que apresentam novidades para melhorar a eficiência e qualidade dos produtos. Entre os principais participantes, a Contech confirmou presença e irá expor nessa edição da feira.

Hoje, com mais de 20 anos de know-how, a Contech é a principal parceira das indústrias desse segmento. Além do aumento na produtividade e melhoria na qualidade, todos os produtos da empresa são biodegradáveis, que revela a preocupação do grupo Ecotech com o meio ambiente e o futuro do planeta.

O 45º Congresso e Exposição Internacional de Celulose e Papel acontecerá de 8 a 12 de outubro na Transamérica Expo Center na cidade de São Paulo. Mais informações sobre a feira e os expositores, acesse o site www.abtcp2012.org.br


Indústria química do grupo Ecotech está entre as 15 maiores empresas em Valor Adicionado do município

Na comparação dos exercícios fiscais de 2007 a 2010, a Contech ficou entre as 15 empresas com maior valor adicionado ao município de Valinhos (SP). A empresa, inclusive, teve um aumento de 23% entre 2009 e 2010.

O "Valor Adicionado do Município" refere-se à diferença entre o valor das mercadorias que saem de uma empresa e o valor das mercadorias e serviços recebidos por ela.  O Valor Adicionado divulga a riqueza gerada pela entidade, e como ela foi distribuída entre os setores que contribuíram (mão-de-obra, serviços, investidores) para a produção. De maneira geral, esse resultado reflete o quanto a empresa agrega ao município em que está instalada.

Os dados de 2011 ainda não foram divulgados pela Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo.


Contech apresentou sua linha para papel e celulose na ABTCP 2011

 

44º Congresso e Exposição reuniu mais de 8.400 visitantes

 

Entre 3 e 5 de outubro a Contech Biodegradáveis participou do 44º Congresso e Exposição Internacional de Celulose e Papel, promovido pela Associação Brasileira Técnica de Celulose e Papel (ABTCP).

 

O evento reuniu mais de 8.400 visitantes e 191 expositores, tornando-se um espaço para intercâmbio de conhecimento entre profissionais de diversos países, gestores e influenciadores de compra, que buscam as tecnologias mais avançadas do setor.

 

A Contech apresentou, em seu movimentado estande, produtos ideais para conservação do maquinário da indústria de papel e celulose, que otimizam a escala de produção. Além disso, outro destaque foi o lançamento de seu novo vídeo institucional, que apresenta a vocação inovadora e sustentável da empresa.

 

Foi a 22ª vez que a empresa participou do evento, que reúne anualmente os principais players do setor e os executivos que influenciam nas tomadas de decisões em suas empresas. “Ficamos muito satisfeitos com a nossa participação na feira e, além de ampliar nosso networking, também pudemos reforçar nossa posição líder no segmento”, destaca Ana Carolina Carvalho, gerente de marketing corporativo da Contech.

 

 

 

Fonte: Marketing Contech

 


Contech e Prefeitura de Valinhos levam crianças carentes para brincar no Hopi Hari

Ação faz parte do trabalho de relacionamento com a comunidade.

Crianças atendidas por projetos sociais da Secretaria de Desenvolvimento Social e Habitação curtiram um dia de diversão no Hopi Hari, na sexta feira, 17,  através de uma parceria entre a Contech e a Prefeitura de Valinhos.

A ação, denominada “Happy Hari Day”, mobilizou toda a equipe da Contech, pois cada uma das 65 crianças ficou sob responsabilidade de um funcionário da empresa. A Contech fretou três ônibus para o transporte e ofereceu alimentação aos participantes durante todo o passeio.

“Além do entretenimento, nossa proposta é integrar a empresa através dos nossos funcionários e a comunidade de Valinhos. Este projeto faz parte da política de responsabilidade social adotada pela Contech”, destacou Carolina Carvalho, Gerente de Marketing da empresa.

Pelo segundo ano consecutivo a Contech participa da ação que também mobilizou funcionários da administração municipal. O evento foi comemorado pela diretora de divisão e Atendimento à Criança e do Adolescente da prefeitura de Valinhos. “O Happy Hari Day foi um dia muito divertido para as crianças, elas ficaram muito felizes com a oportunidade de conhecer o parque e adoraram  a atenção dispensada pelos colaboradores da Contech. Atitudes como essa valorizam as relações humanas e enobrecem a quem delas participam”, destacou Tathiane Boldarini de Camargo.


FONTE: Marketing Contech 


Empresas e pesquisadores recebem Prêmio Abiquim de Tecnologia

Premiação foi anunciada durante o 14º Encontro Anual da Indústria Química, realizado no dia 4 de dezembro, em SP, e promovido pela Associação Brasileira da Indústria Química (Abiquim)

A Rhodia foi a vencedora na categoria empresa, com o projeto "Desenvolvimento do fio Emana". As empresas Innova e Quattor receberam menção honrosa pelos trabalhos apresentados.

Na categoria Empresa Nascente, a vencedora foi a Verti Ecotecnologias, criada na UFMG, com o trabalho "Novas rotas para a transformação da glicerina, rejeito do biodiesel, em produtos para aplicação tecnológica e de valor agregado".

O trabalho "Processo de purificação e transformação da glicerina loura em produtos de maior valor agregado", de autoria dos analistas de processos tecnológicos do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial da Bahia, Rogério da Conceição Rodrigues e Alexandre dos Santos Machado, foi o vencedor do prêmio na categoria pesquisador.

Dois trabalhos conquistaram menções honrosas: um apresentado pelo professor do Departamento de Química Inorgânica da Unicamp, Oswaldo Luiz Alves, em conjunto com o coordenador de pesquisas da Contech Produtos Biodegradáveis; Odair Pastor Ferreira; e o outro pelos pesquisadores Rafael Cossiello e Teresa Atvars, também da Unicamp.

Lançado em 2001, o Prêmio Abiquim de Tecnologia busca identificar trabalhos de inovação tecnológica no setor químico desenvolvidos por empresas, pesquisadores e empresas nascentes, bem como promover a pesquisa e a inovação da área no Brasil.

FONTE: Informações do Portal da Abiquim


Sem resíduos tóxicos

Patentes geram produtos para tratamento de efluentes industriais

Dinorah Ereno escreve para a revista “Pesquisa Fapesp”:

Duas tecnologias de descontaminação ambiental, uma para tratamento de efluentes industriais e outra para eliminação de compostos tóxicos em solos, desenvolvidas por pesquisadores da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e licenciadas para a empresa Contech Produtos Biodegradáveis, de Valinhos, no interior paulista, estão prontas para serem colocadas no mercado.

“Iniciamos com um balãozinho de 50 mililitros dentro do laboratório e hoje produzimos bateladas de 500 quilogramas”, diz o químico Odair Ferreira, que começou a trabalhar no desenvolvimento de uma substância para tratamento de efluentes têxteis em 1999, na sua dissertação de mestrado, e atualmente continua sua pesquisa como contratado da empresa.

A base do produto para limpar efluentes criado no laboratório do Instituto de Química da universidade são nanopartículas de argila sintética que, colocadas em contato com os resíduos líquidos de processos de tingimento de tecido ou papel, funcionam como uma esponja que absorve os corantes. No final do processo, a água torna-se novamente limpa e pode ser descartada sem risco de contaminar lençóis freáticos e rios, podendo ainda ser reutilizada no processo industrial.

“A partir da argila mineral é fabricada uma argila sintética nanoestruturada com propriedades específicas”, explica Ferreira. O tamanho reduzido das partículas, por volta de 100 nanômetros – para efeito de comparação, a molécula de DNA, que armazena o material genético das células, mede dois nanômetros de espessura –, aumenta a área de contato do produto com o efluente e, consequentemente, a sua eficiência de remediação.

A argila sintética, em forma de pó, é colocada em contato com o efluente colorido em um sistema de agitação. A dosagem varia de acordo com a natureza e a concentração das substâncias químicas presentes em cada efluente. “Nos processos de tingimento, para que os tecidos fiquem com uma cor acentua­da, muitas vezes os fabricantes usam quantidades de corante superiores ao que a fibra consegue adsorver”, diz Ferreira.

Adsorver e absorver são processos bem diferentes. Uma esponja absorve água, mas o líquido sai facilmente quando ela é espremida, enquanto na adsorção as moléculas ou íons ficam retidos na superfície de sólidos por interações químicas ou físicas. Os próprios fabricantes de corantes estão criando substâncias cada vez mais resistentes. “O corante azul reativo 19, bastante usado na indústria têxtil, quando despejado no rio permanece por até 50 anos”, exemplifica.

O produto também pode ser usado no tratamento dos resíduos resultantes da produção de papéis coloridos e de celulose, de efluentes da indústria petroquímica e metalomecânica.

“O carvão ativo, empregado nas mesmas condições, consegue eliminar apenas 50% da cor dos efluentes, em comparação com os 95% alcançados pela argila sintética”, diz o professor Oswaldo Luiz Alves, coordenador do Laboratório de Química do Estado Sólido do Instituto de Química da Unicamp, orientador de Ferreira e da pesquisa, que em 2002 recebeu o Prêmio Unesco-Orcyt de Teses de Mestrado Defendidas em Instituições Acadêmicas do Mercosul Ampliado, na modalidade Química.

Outra vantagem do material desenvolvido na universidade é que no final do processo ele pode ser reciclado e reutilizado em uma nova descoloração de efluentes. Esse reprocessamento pode ser feito pelo menos cinco vezes, o que significa menor consumo de matérias-primas. No final do ciclo útil da argila como adsorvente, ela ainda poderá ser utilizada como matéria-prima de outros processos industriais, em substituição a pigmentos e cargas minerais.

Efluentes industriais

Desde março de 2005, quando o Conselho Nacional de Meio Ambiente (Conama) promulgou a resolução 357, que estabelece padrões de lançamento para efluentes, entre os quais limites para a emissão de corantes em rios, as empresas começaram a procurar soluções para se adequar às novas diretrizes ambientais. Foi nessa época que a Contech foi consultada por um cliente que buscava um tratamento eficiente para seus efluentes industriais.

O coordenador de pesquisa do Centro de Desenvolvimento e Tecnologia da empresa, Ricardo de Lima Barreto, que fez mestrado na Unicamp, sabia que uma patente da carteira da Inova, a Agência de Inovação da universidade, poderia resolver o problema do seu cliente e ampliar a área de atuação da Contech. A empresa criada no Brasil na década de 1990, com atuação na Europa e na América do Sul, tem como foco principal o fornecimento de sistemas e produtos químicos aplicados principalmente no setor de papel e celulose.

O licenciamento da tecnologia foi selado em setembro de 2007, dois anos após ter início o processo de negociação com a Unicamp. A fase piloto do projeto tem apoio da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) dentro do Programa de Subvenção à Inovação de 2007 na área de nanotecnologia. Encerrada a fase piloto, a empresa começará a produzir em escala pré-industrial com alguns clientes e atualmente está lançando a tecnologia no mercado com a marca registrada Dept.

Três meses depois desse licenciamento, em dezembro do mesmo ano, a Contech e a Unicamp assinaram uma outra transferência de tecnologia, desenvolvida no Laboratório de Química Ambiental do Instituto de Química pelo professor Wilson Jardim e com participação do pesquisador Juliano de Almeida Andrade. Dessa vez, além de um reagente químico destinado à remediação de áreas contaminadas, também foram licenciadas as marcas registradas Fentox e Fentox TPH.

A diferença entre os dois produtos é que o Fentox é indicado para descontaminação de substâncias líquidas, enquanto o Fentox TPH age principalmente nos solos. “O produto aumenta o poder destrutivo do peróxido de hidrogênio, conhecido popularmente como água oxigenada, substância usada para a destruição de compostos tóxicos”, diz Barreto.

A técnica chamada de processo oxidativo avançado consiste em colocar em contato o produto da reação formado pelo reagente químico e o peróxido de hidrogênio com os contaminantes da água e do solo, que são destruídos e transformados em água e gás carbônico. Entre esses contaminantes encontram-se os poluentes orgânicos persistentes, categoria em que se enquadram pesticidas como o DDT, compostos aromáticos como o benzeno e algumas classes de corantes.

“O levantamento mais recente da Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental (Cetesb) apontou quase 2.500 áreas contaminadas no estado de São Paulo”, diz Barreto. São principalmente vazamentos de postos de gasolina e de indústrias desativadas, que se infiltram no lençol freático, desembocam nos cursos d’água e prejudicam as populações que vivem nas áreas do entorno.

No caso das contaminações por derivados de petróleo, o principal problema está nos vazamentos em tanques subterrâneos dos postos de gasolina. Quando muito antigos, os tanques sofrem corrosão e acabam por contaminar os aquíferos.

A ideia de dar ao produto o nome de Fentox surgiu durante as pesquisas em laboratório como uma forma de homenagear o químico Henry John Horstman Fenton, autor dos primeiros trabalhos com tecnologias oxidantes em 1894 com o uso de peróxido de hidrogênio e catalisadas por ferro. Quase 90 anos depois, na década de 1980, suas fórmulas foram usadas para eliminação de compostos tóxicos na Europa, nos Estados Unidos e no Canadá.


FONTE: Revista Pesquisa Fapesp nº 155


Patentes premiadas

Unicamp premia docentes e pesquisadores cujos estudos resultaram em pedidos de patentes

A Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) entregou, na última sexta (21/5), a Premiação de Inventores 2010 destinada a pesquisadores e institutos cujas pesquisas geraram descobertas que foram patenteadas e que trouxeram benefício à sociedade.
Em sua terceira edição, o prêmio organizado pela Inova Unicamp contemplou três categorias. O "Prêmio Inventor com Produto Incorporado ao Mercado" ficou com o professor Wilson Jardim, do Instituto de Química (IQ), pela tecnologia Fentox, comercializada pela empresa Contech, e com o professor Fernando Galembeck, também do IQ, pelo uso da tecnologia Imbrik, comercializada pela empresa Orbys.

O IQ e a Faculdade de Engenharia Química (FEQ) foram vitoriosos na categoria "Prêmio Destaque em Proteção à Propriedade Intelectual". O IQ foi escolhido por ser a unidade com maior número de pedidos de patentes no período de 2008/2009, com 30 pedidos de patentes. A FEQ foi indicada por ter tido o maior crescimento em número de pedidos de patentes.

A terceira categoria, "Menção Honrosa por Tecnologia Licenciada", contemplou 24 pesquisadores e docentes de seis unidades e um centro de pesquisa da Unicamp, com tecnologias licenciadas nos anos de 2004, 2005, 2006 e 2009.

Mais informações: www.unicamp.br/unicamp
 


Unicamp transfere 1ª patente registrada

A Unicamp realizou, pela primeira vez, a transferência de uma patente já com sua marca registrada.
Trata-se da tecnologia de um reagente químico com a marca Fentox e Fentox TPH, desenvolvida na Unicamp e licenciada para produção e comercialização pela Contech Produtos Biodegradáveis, empresa no interior de São Paulo. O processo minimiza efeitos de corantes sobre o ambiente.

FONTE: Internet


Do laboratório às prateleiras

Interação entre universidades e empresas é fundamental para garantir aplicação prática do conhecimento produzido

Quando uma pesquisa científica inicia, com os primeiros riscos no papel e as primeiras idéias na cabeça, há uma meta a ser alcançada: a comprovação de uma teoria ou quebra de outra.

Mas, para o resultado encontrado nos laboratórios chegar à aplicação prática, é necessário haver uma interação entre universidade e uma empresa.

Foi este o caminho encontrado por um grupo de pesquisadores do Instituto do Milênio de Materiais Complexos (IM²C), coordenado pelo pesquisador Fernando Galembeck, da Universidade Estadual de Campinas, ao firmar uma parceria com a multinacional Bunge para o desenvolvimento de um novo pigmento branco para tintas à base de água, fabricado a partir de nanopartículas de fosfato de alumínio, criado na Unicamp e apresentado ao mercado sob a marca Biphor.

Atualmente o pigmento branco utilizado pelas indústrias de tintas e revestimentos é o dióxido de titânio, cuja fabricação produz resíduos agressivos ao meio ambiente.

O novo pigmento é formado por nanopartículas de fosfato de alumínio e gera tintas brancas que duram mais e refletem mais luz que as existentes, além de não ser poluente.

Com a patente registrada, a Universidade, o Instituto de Química e os pesquisadores envolvidos terão direito a uma fatia de 1,5% sobre o faturamento líquido do produto, quando comercializado, de royalties. Estima-se que hoje este mercado de tintas, revestimentos e afins, movimenta valores em torno de U$ 5 bilhões.

Além da pesquisa que resultou na patente do Biphor, os pesquisadores do IM²C são considerados exemplos para outros grupos de pesquisa brasileiros, principalmente por alcançarem um nível de produção científica elevado, tanto quantitativamente quanto qualitativamente, fator essencial para conseguir uma interação efetiva com as empresas.

“Este Instituto do Milênio conseguiu superar barreiras jamais vencidas pela ciência brasileira, criando um novo padrão de geração do conhecimento e da sua transformação em riqueza”, afirma Fernando Galembeck, coordenador da primeira fase do Instituto, que ao final de 2006 já contabilizava 29 pedidos de patentes, além de outras negociações em andamento.

Rede de pesquisa nacional

O Instituto do Milênio de Materiais Complexos é um projeto voltado para a criação e aplicação de novos materiais complexos necessários a vários tipos de atividade humana.

Sua missão é promover o desenvolvimento científico, centrado na pesquisa e exploração de estratégias experimentais e teóricas em sistemas supramoleculares, nanotecnologia e materiais.

Situa-se dentro do contexto das Ciências da Complexidade, participa do desenvolvimento de aplicações e também gera conteúdos de domínio público.

Na prática, acontece como um a reunião virtual de numerosos pesquisadores, com seus grupos de estudantes e pós-doutores, das ciências que estudam materiais complexos, para desenvolver atividades de cooperação com pesquisadores de empresas, capazes de explorarem os resultados do projeto.

Aprovado em 2001, sob a coordenação de Galembeck, o IM²C faz parte do Programa Institutos do Milênio, executado pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), uma iniciativa do Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT), para ampliar as opções de financiamento de projetos mais abrangentes e relevantes de pesquisa científica e de desenvolvimento tecnológico.

O programa promove a formação de redes de pesquisa em todo território nacional, englobando instituições de diferentes regiões, para buscar a excelência científica e tecnológica em qualquer área do conhecimento, assim como em áreas priorizadas pelo MCT.

Em 2005, o projeto IM²C passou para uma segunda edição, que terá apoio do CNPq até 2009, com a coordenação dos pesquisadores Henrique Eisi Toma e Paulo Sergio Santos.

Mais patentes

As primeiras patentes negociadas com empresas envolveram a multinacional Bunge, de fertilizantes e alimentos, e a Orbys, com o desenvolvimento de nanocompósitos de látex de borracha natural e argila. Outros 27 pedidos de registro foram requeridos no Brasil e no exterior.

Estas patentes tiveram um papel decisivo no estabelecimento de vínculos e projetos de pesquisadores do IM²C com várias empresas, que por sua vez permitiram a formulação de novos projetos.

Entre as empresas envolvidas estão a Oxiteno, Bunge, Indústrias Químicas Taubaté, Radicci Fibras, Orbys, Carol Química, Companhia Nitroquímica Brasileira (Grupo Votorantim), Libbs Farmacêutica, Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração, Indústria Globo, Cristália Produtos Químicos Farmacêuticos, COIM do Brasil e Fotônica.

Há outras negociações em andamento, a exemplo da empresa Contech – Sistemas Integrados de Valinhos (SP), que visa o licenciamento de patente para a remediação de efluentes de indústrias têxteis, pesquisados pelo Instituto.

Parcerias

Entre os exemplos de parcerias de sucesso que o Instituto do Milênio de Materiais Complexos possui destaca-se o projeto sobre látex catiônicos, que têm numerosas aplicações em construção civil, asfaltos e pinturas, com a empresa Indústrias Químicas Taubaté S/A.

O projeto gerou uma patente e publicou um artigo científico. Segundo o coordenador do projeto, Galembeck, o produto já foi apresentado ao mercado, com sucesso.

Outro projeto desenvolveu fibras acrílicas para a fabricação de fibras de carbono, com a Radicci Fibras e a Marinha do Brasil. Como resultado, já foi obtida uma fibra acrílica adequada à produção de fibras de carbono de alto desempenho.

Com esta conquista, a produção de fibras de carbono de alto desempenho pode ser feita no Brasil, toda ela verticalizada, a partir de matérias-primas petroquímicas básicas.

Há ainda o exemplo do projeto sobre látexes poliméricos, com a Oxiteno, onde foram desenvolvidos vários novos processos de obtenção de látexes diferenciados, transferidos para a Oxiteno.

Além disso, foi firmado um contrato de consultoria entre a Oxiteno e o pesquisador Galembeck, que participa do Conselho Científico e Tecnológico da empresa e colabora em vários dos seus projetos.

O Laboratório de Química do Estado Sólido (LQES), coordenado pelo professor Oswaldo Luiz Alves, também integra o Instituto. Com 12 patentes registradas, o Laboratório mantém intensa interação com o setor produtivo.

Em parceria com as empresas Libbs Farmacêutica, Indústria Globo, Cristália Produtos Químicos Farmacêuticos, Coim Brasil e Fotônica vem desenvolvendo diversos procedimentos e plataformas de análise físico-química de materiais sólidos, dentro da perspectiva chamada de “polimorph screening”, ou seja, avaliando a relação existente entre as características da estrutura de cada material com sua biodisponibilidade.

Outra atividade também em parceria com empresas é o desenvolvimento de metodologias específicas para analisar diferentes tipos de fármacos.

Sucesso na área acadêmica

Os resultados científicos alcançados pelos pesquisadores do IM²C também são muito significativos.

A contribuição para a formação de recursos humanos na área do projeto foi de 22 doutorados e 14 mestrados concluídos, sendo que estes novos pesquisadores são familiarizados com os mecanismos de proteção de propriedade intelectual.

Mais de 356 artigos científicos foram publicados, com diversos trabalhos convidados para conferências internacionais e publicações com impacto e reconhecimento pela comunidade científica internacional.

Entre as premiações recebidas, há destaque para o Prêmio Almirante Álvaro Alberto para a Ciência e Tecnologia de 2006, do CNPq, o Prêmio SBQ de Inovação, também em 2006, e o Prêmio Abiquim de Inovação de 2005, conferidos para Fernando Galembeck, e o Prêmio Fritz Feigl 2005, para Oswaldo Alves.

Em 2006, Henrique Toma recebeu os prêmios Medalha JBCS, Abrafati-Petrobras, Nanoeurope Award e a Grã-Cruz da Ordem Nacional do Mérito Científico.
(Assessoria de Comunicação Social do CNPq)

FONTE: Internet


Pesquisador da Contech e profissional da Unicamp são premiados pela Associação Brasileira da Indústria Química

O professor Oswaldo Luiz Alves, do Instituto de Química da Unicamp e o coordenador de pesquisas da Contech Produtos Biodegradáveis, Odair Pastor Ferreira, receberam premiação de Menção Honrosa na categoria Pesquisador concedida pela Associação Brasileira da Indústria Química (Abiquim). O prêmio foi concedido em função da pesquisa realizada por Alves e Ferreira que, na época, era orientado de Alves. O trabalho resultou em um material inédito capaz de absorver corantes, que foi objeto de pedido de patente pela Unicamp e, com a articulação da Agência de Inovação Inova Unicamp, foi licenciado para a Contech em 2007.

Os pesquisadores explicam que o material é formado por nanopartículas de argila sintética que, colocadas em contato com os resíduos líquidos de processos de tingimento de tecido ou papel, funcionam como uma esponja que absorve os corantes. Segundo eles, no final do processo, a água torna-se novamente limpa e pode ser descartada sem risco de contaminar lençóis freáticos e rios, podendo ainda ser reutilizada no processo industrial. A premiação foi entregue no último dia 04 de dezembro, no Encontro Anual da Indústria Química, realizado em São Paulo.